Um Novo Homem: O Mistério do Messias

Publicado em: 24/07/2017 Categorias: 2017 / Revive Israel

Ariel Blumenthal

Paulo conclui o seu ensino sobre Um Novo Homem nos 6 primeiros versículos de Efésios capítulo 3. Ele chama isso de “mistério”, e depois “o mistério de Cristo”, que foi revelado de modo especial a ele pela graça de Deus. Ele até declara que esse mistério é algo que ainda não havia sido revelado (ou pelo menos não da mesma maneira) para os profetas do VT; mas que naquela época foi revelado para os apóstolos e profetas do NT e por meio deles. Ele conclui: “a saber, que os gentios são coerdeiros, membros do mesmo corpo e coparticipantes da promessa em Cristo Jesus por meio do evangelho… (Ef 3.4-6).

Aqui, o apóstolo utiliza três palavras compostas no grego para descrever o mistério: synkleroma, synsoma, synmetoka—todas começando com o prefixo “syn,” a partir do qual encontramos palavras em português como:  sincronizar, sintetizar e sinergia. Estudiosos do grego do Novo Testamento nos dizem que é difícil captar o peso dessas três palavras em outros idiomas.

Primeiramente temos synkleroma—“coerdeiros”. Legalmente este termo não sugere apenas uma igualdade de privilégio compartilhado, como uma parceria empresarial ou membros de uma família que irão compartilhar lucros ou uma herança; não se trata meramente de “coerdeiros” como na história dos dois irmãos do Filho Pródigo, ou seja: “nós temos um pai em comum, eu pego a minha parte e você pegue a sua”; ao invés disso, são como dois “irmãos de sangue” que estão irreversivelmente unidos um ao outro, totalmente dependentes um do outro por qualquer herança, esperança, e sucesso que possam receber do pai em comum. No Messias, nós judeus não receberemos a nossa herança plena até que todas as nações a recebam – e vice-versa!

Em segundo lugar, vem synsoma — povo “de um corpo em comum”, “de um só corpo”. Como em Romanos 12.5 ou 1 Coríntios 12.27, o apóstolo descreve a ecclesia com um termo biológico, orgânico — somos um corpo vivo, e Cristo é o cabeça. Agora, no Evangelho do Messias, Judeus e Gentios se tornaram um mesmo organismo, com o mesmo sangue espiritual de Cristo nos unindo; temos o mesmo DNA celestial, pertencemos à mesma família, fazemos parte da mesma casa (Jo 1.13). O que quer que aconteça a uma parte do Corpo afetará o todo.

Por último, temos synmetoka“participantes da mesma promessa” em Cristo Jesus. “Promessa” está no singular, não são “promessas”. Em sintonia com todos os outros escritos de Paulo, podemos entender que ele se referiu especificamente para a promessa feita a Abraão inicialmente que já apontava para o Evangelho, como foi detalhado em Romanos 4, 8.17, e Gálatas 3.26-29. Romanos 4.11-17 reúne todas essas ideias de Efésios 3.6, e dos outros capítulos deste livro.

Para Abraão foi feita uma promessa (singular), descrita de duas formas: que ele seria o “herdeiro do mundo” e que ele seria “pai de muitas nações”. O incrível mistério do Evangelho é que em Cristo Jesus (o mais importante filho de Abraão) Judeus e Gentios são coerdeiros lado a lado da mesma promessa abraâmica; somos membros da mesma família messiânica (o Corpo do Messias); e tudo isso é baseado exatamente na mesma promessa feita para o nosso ancestral, agora pai de ambos os povos – Abraão.

“Eu os Farei Pescadores de Homens”

Greta Mavro

Eu retornei recentemente de uma viagem maravilhosa para a terra de Israel. Passei tempo com a equipe do Tikkun-Revive em Jerusalém e com amigos especiais. O Senhor ainda providenciou algumas conexões especialmente sobrenaturais para compartilhar o evangelho.

Enquanto estava em Haifa, conheci um jovem judeu italiano numa pousada cristã que tem viajado pelo mundo nos últimos anos praticando ioga e meditação. Ele me contou que se surpreendeu quando passou pela pousada porque ele havia visto o lugar num sonho, e por isso entrou. Eu compartilhei sobre Yeshua e falei com ele a respeito da verdadeira meditação na palavra de Deus. Ele me disse que estava estudando em Jerusalém numa yeshiva, mas de repente a abandonou quando começaram a dizer coisas desagradáveis sobre Yeshua. A partir de então, começou a sentir uma surpreendente e profunda dor em sua alma. Como ele estava aberto para ouvir sobre o Senhor, abri as Escrituras. Em pouco tempo, ele orou recebendo seu Messias e dei a ele uma Bíblia. Então deixamos a pousada e seguimos rumos diferentes. Enquanto eu caminhava na praia, antes de ir embora, eu o vi sentado embaixo de uma árvore lendo a Bíblia que acabara de lhe dar. Ele disse: “Eu estava justamente pensando em você!” Ele me pediu que sentasse e contou-me que alguns dias antes havia tido um sonho no qual alguém lhe mostrava um grande livro preto e lhe pedia para ler, justamente como aquela grande Bíblia preta que eu lhe dera na pousada!

Querido amigo, evangelismo e salvação são sobrenaturais! O Senhor faz isso tudo pelo seu Espírito. Ele diz: “siga-me e eu o farei pescador de homens”. Nós lançamos a rede de acordo com a sua palavra e ele a enche de peixes.

Relatório da Reunião dos Atalaias em Montreal 2017

Deus continua a usar a Reunião dos Atalaias para as Nações para abençoar e unir as nações, reunindo diversos grupos de pessoas no propósito de buscar seu destino mútuo como Corpo do Messias, cristãos árabes e judeus messiânicos respectivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.