Não Apagueis o Espírito

Publicado em: 28/04/2019 Categorias: Arauto / O fruto do Espírito é o amor

Arauto - Ano 36 - nº 03 - Jul/Dez 2018

George Soltau

“Não apagueis o Espírito” (1 Ts 5.19), o apóstolo Paulo exorta. A ideia aqui é evitar a extinção do amor e poder do Espírito Santo em relação aos seus propósitos e obra, o que causaria uma completa cessação de sua manifestação entre nós.

Deixe que o amor e o poder do Espírito brilhem e queimem como uma chama de pura glória, permeando e impregnando todo o templo do corpo, resplandecendo de todas as janelas da alma e incendiando outros corações.

Existem três maneiras de apagar uma chama:

  1. Por abandoná-la: isso é negligência.
  2. Por derramar água sobre ela: isso é pecado voluntário.
  3. Por colocar na chama o que não vai queimar, sufocando-a pouco a pouco: isso é egoísmo, espírito mundano.

Em uma dessas três maneiras, o Espírito Santo é apagado vez após vez. Na primeira, a indiferença vai tomando contada alma. A oração e a Palavra de Deus são negligenciadas. O amor de Deus no coração se esfria, e o Espírito Santo se torna inoperante.

A segunda maneira ocorre quando se acolhe e cede a um pecado conhecido, desculpando-o, permitindo em si mesmo o que seria fortemente desaprovado em outros, com aquele pensamento mentiroso e traiçoeiro: “Oh, o meu caso é diferente”.

E, finalmente, a terceira forma de apagar o Espírito acontece quando se permite que a auto satisfação e as demandas do mundo à nossa volta controlem a vida, e o Espírito de Deus é deixado de fora.

Quão facilmente ele se entristece e como é simples agradá-lo! O “jugo é fácil, o fardo é leve”. Não é uma grande coisa o que ele quer;apenas uma vontade rendida eum coração obediente.Com essas condições, ele pode se alegrar e nos abençoar.

Uma resposta para “Não Apagueis o Espírito”

  1. Anderson Santos disse:

    Essa palavra vem de encontro com o que eu estou vivendo, e acho que me encaixo nos 3 pilares….preciso levantar! E não apagar de vez o Espírito Santo na minha vida!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *