Arrumando a Confusão no Mundo Profético Carismático – parte 1

Publicado em: 21/11/2020 Categorias: 2020 / Revive Israel

Asher Intrater

Muitos eventos penosos e difíceis aconteceram recentemente. O ritmo do mundo está acelerando rapidamente (veja Daniel 12.4). As implicações espirituais e morais são complexas.

Isso causou certo grau de confusão para os cristãos em todo o mundo; e resultou em uma série de “palavras proféticas” que parecem estar equivocadas. Precisamos “arrumar nossa confusão”. As eleições nos Estados Unidos, o coronavírus e as convulsões econômicas soam como o “início das tribulações”, como disse Yeshua em Mateus 24.7-8.

Arrependimento

O primeiro passo é sempre se arrepender. Daniel se arrependeu de seus próprios pecados e se arrependeu em nome do povo de Israel em sua oração encontrada em Daniel 9. O resultado foi uma revelação surpreendente de uma verdadeira profecia que descreveu a vinda do Messias, sua crucificação, o exílio e restauração de Jerusalém chegando até o fim dos tempos e finalmente um tempo de paz perfeita (Daniel 9.24-27)!

Que nos arrependamos das muitas chamadas palavras proféticas nos nossos dias que foram incorretas.

Evangelismo

Qualquer mensagem profética deve sempre ser secundária ao ensino básico do evangelho. A salvação é a principal prioridade. Apocalipse 19.10 diz que o testemunho de Yeshua é o espírito de profecia. Declarar o perdão dos pecados e a vida eterna por meio da morte e ressurreição de Yeshua é o tipo mais importante de profecia.

Vamos continuar compartilhando o evangelho, e não sejamos desviados para revelações místicas secundárias.

Profecia da Nova Aliança

Não há dúvida de que a profecia faz parte da experiência da eclésia da Nova Aliança. Temos a promessa de que todos nós podemos profetizar (Atos 2.17,18, 1 Coríntios 14.31). Na verdade, devemos buscar tal dom (1 Coríntios 14.1). É uma das funções do Espírito Santo em nossa vida (1 Coríntios 12.10).

As Escrituras da Nova Aliança podem ser divididas ao meio, no capítulo 13 de Atos, não apenas em número de páginas, mas de acordo com o tema e o conteúdo central de cada parte. Aqui vemos o início da difusão da missão do evangelho fora de Israel, com uma base apostólica em Antioquia. Atos 13.1-4 nos diz que havia “profetas e mestres” na congregação ali.

Eles não eram como os profetas israelitas que escreveram a Bíblia. Eram crentes comuns, servindo na congregação. De Antioquia, eles foram “enviados” na primeira missão “apostólica” às nações.

Equipe Apostólica de Cooperação

À medida que começaram a plantar congregações, esse grupo de profetas e mestres amadureceu e se tornou uma equipe apostólica mais completa (Atos 14.14). Eles foram o início de uma nova geração de apóstolos. Eles não eram iguais aos Doze Apóstolos do Cordeiro (Apocalipse 21.14), mas um grupo de pessoas envolvidas na expansão do reino em seu território e sua geração.

O ministério profético deve ser feito em equipe com prestação de contas. Efésios 4.11 descreve cinco tipos de líderes servos (apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres). Esses diferentes tipos de funções se equilibram mutuamente. O mestre verifica a precisão das Escrituras; o pastor verifica a saúde do rebanho; o evangelista garante que o evangelho está sendo enfatizado; o apóstolo oferece liderança de equipe, autoridade e estratégia do reino.

Os profetas que estão agindo por conta própria “porque Deus me falou” podem cair em perigo. Profetas que trabalham em equipes com freios e contrapesos são menos propensos a cometer erros.

Humildade e Amor

Junto com o grande poder espiritual e autoridade que há na profecia, devemos sempre manter um coração humilde. 1 Coríntios 13.2 nos diz que até a melhor profecia sem amor não vale nada. 1 Coríntios 13.9 nos diz que mesmo os melhores profetas só possuem conhecimento parcial.

Uma boa dose de humildade e amor ajudará a prevenir contra falsas profecias. Humildade e amor não diminuem o poder ou a autoridade; pelo contrário a potencializam.

Política e Reino

Somos instruídos a orar pelos que estão no governo (1 Timóteo 2.1-4) e nos submeter a eles (1 Pedro 2.13), vendo que estão cumprindo uma função dada por Deus na sociedade (Romanos 13.1-7). Muito do conteúdo profético das Escrituras trata de mensagens que foram dadas para líderes governamentais.

No entanto, devemos lembrar que temos nosso próprio Rei, que está acima dos líderes do governo. A política e o governo são importantes, mas são secundários e subservientes ao reino do Messias. Yeshua é nosso líder. Ele está sobre os governos deste mundo (Efésios 1.20-22).

Nossa oração e missão são, antes de tudo, para que o reino de Deus venha e sua vontade seja feita na terra como no céu (Mateus 6.10). A situação política é um sintoma; a fonte da solução é espiritual. Yeshua disse que seu reino não é deste mundo, mas de cima (João 18.33-36). Mas a presença moral e espiritual do reino de Deus no mundo o influencia para o bem. Isso é o que chamamos ser sal e luz (Mateus 5.13-14).

Por favor, esteja atento para a parte 2.

Transmissão Global

Junte-se à nossa Transmissão Global para um tempo de adoração e uma palavra apropriada para o tempo atual de nossa equipe em Israel. Estamos sempre com expectativa por este momento com vocês. Pedimos gentilmente que você compartilhe esta transmissão com amigos e familiares. Quanto mais pessoas alcançarmos, mais pessoas serão abençoadas!

Assista agora!

Uma resposta para “Arrumando a Confusão no Mundo Profético Carismático – parte 1”

  1. Como noiva do Cordeiro é preciso estarmos preparados para o encontro com o Senhor nos ares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *