Apóstolo no Contexto Original (Parte 2)

03/07/2017 Publicado por: Revista Impacto
Categorias: 2017 / Revive Israel

Apóstolo no Contexto Original (Parte 2)

Cody Archer

Ao longo dos últimos 50 anos, tem havido uma aceleração no restabelecimento da liderança apostólica e profética no Corpo do Messias ao redor do mundo. Existem muitos princípios espirituais que podemos extrair do significado original de “apóstolo” a fim de esclarecer o papel dos apóstolos hoje. Sim, todos nós fomos enviados pelo Rei Jesus, mas nem todos receberam a graça e os dons para liderar como apóstolo (Efésios 4.11).

Jesus é o Apóstolo original que foi enviado pelo Pai Celestial ao “território estrangeiro” chamado Terra, para transformá-lo num lugar semelhante ao céu. Assim como os apóstolos romanos foram enviados de Roma e como Jesus enviou seus apóstolos de Jerusalém há 2 mil anos, portanto, hoje Deus ainda está enviando apóstolos por toda a Terra para liderar sua Igreja na missão de avançar o Reino.

Equipe quíntupla

A igreja mundial, de acordo com o plano divino, deve ser liderada por apóstolos, que, por sua vez, trabalham com equipes qualificadas de profetas, evangelistas, pastores e mestres. Juntos, eles levantam muitas “colônias” (ekklesia – congregações), todas com a mesma missão – tornar a Terra semelhante ao céu! A descrição do cargo do apóstolo inclui manter sua equipe unificada e focada na missão para a qual foram enviados, sem comprometer as ordens e os desejos do Rei.

Os apóstolos devem estar conectados e em submissão mútua com outros apóstolos. Eles não podem realizar sua missão sozinhos. Quando os dons singulares e diversificados de profeta, evangelista, pastor e mestre são submetidos à liderança apostólica, eles se tornam uma equipe invencível, que promove o Reino, contra quem os portões do inferno não podem prevalecer (Mt 16.18).

O profeta permanece focado em estar em comunicação regular com o “governo central” (o céu!), e manter a equipe atualizada sobre o que ele está ouvindo no Espírito. O evangelista permanece focado em convidar todos no “território estrangeiro” a abraçar a cidadania do Reino que está sendo oferecida gratuitamente. O pastor se concentra em servir, alimentar e unificar os cidadãos. O mestre coloca seus esforços em ensinar a constituição (Palavra de Deus) e a cultura do Reino. O apóstolo foca no quadro geral e certifica-se de que os membros de sua equipe, e que ele próprio, estão equipando intencionalmente os cidadãos para dar continuidade ao trabalho de “colonizar” a Terra com a cultura do Céu.

Focado na conexão entre gerações

O apóstolo não só se concentra em liderar seu time, mas também em conectar as gerações. No cerne de todo verdadeiro apóstolo está o coração de um pai (1 Coríntios 4.15). Multiplicar a si e a essa visão do Reino na próxima geração não é uma tarefa relegada para os últimos anos de sua vida, mas é um estilo de vida mantido durante todo o tempo de sua vida.

Jesus e os escritores do Novo Testamento não tiveram nenhum problema em usar a palavra apóstolo em sua época; por que, então, deveríamos ter?

Vasos vazios

Harold Walker

Temos sentido uma ênfase especial do Senhor na importância de “esperar no Senhor”. Entretanto, só podemos esperar inteiramente no Senhor quando deixamos de acreditar no valor de nossos próprios esforços. Os discípulos antes do dia de Pentecostes não faziam ideia de quanto tempo eles teriam de esperar para o Espírito descer sobre eles como prometido. Jesus simplesmente disse “esperem!” Então, “de repente”, veio do céu um ruído como de um vento impetuoso, entrou na casa onde estavam e todos ficaram cheios do Espírito.

Deus está levantando muitos tipos de grupo de oração em todo o mundo que serão os lugares onde esse vento que vem “de repente” do céu descerá simultaneamente em todo o mundo. O derramamento no primeiro Pentecostes foi apenas uma amostra da grande efusão em toda a carne que acontecerá nestes últimos dias.

Agora devemos nos preparar ativamente para que isso aconteça das seguintes formas:

  1. Oração perseverante;
  2. Encorajando os outros a formar grupos de oração que se reúnam regularmente para esse fim;
  3. Incentivando as pessoas a esvaziar-se de pensamentos vãos e distrações e a se encher com a palavra escrita de Deus por meio da meditação.

Também me lembrei da exortação de Eliseu à viúva do profeta para ir ajuntar tantos vasos vazios quanto possível e depois fechar a porta e começar a derramar o azeite neles. E o azeite deixou de fluir quando não tinha mais vasos vazios. Então, se acreditarmos que essa grande efusão está chegando, devemos reunir tantos vasos vazios quanto possível para que, quando o Espírito vier, não pare de fluir!

Submissão mútua – Ariel e Jeremiah

Neste vídeo, Ariel e Jeremias descrevem sua experiência em servir os cristãos no Japão e a mensagem que Deus deu por meio deles sobre sua experiência conjunta como líderes em submissão mútua um ao outro.

Para assistir em inglês, clique aqui.

Legendas disponíveis em dinamarquês, holandês, francês, coreano, polonês e português.

Queremos nos conectar com você!

Todos os meses, recebemos doações sem endereço, número de telefone ou informações de e-mail. Isso significa que não temos como agradecê-lo ou nos conectar com você. Se você doou para Revive Israel e não recebeu retorno, tire um minuto e avise-nos. Envie-nos um e-mail (ilana@reviveisrael.org)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *