Três Objetivos do Trabalho em Equipe

Publicado em: 06/08/2021 Categorias: 2021 / Revive Israel

Um movimento global de avivamento e restauração a partir de Jerusalém para Judeia e Samaria, chegando aos confins da terra e voltando novamente para Israel…
Asher Intrater

muitos anos, quando olhei para as promessas na Bíblia a respeito de Israel, a Igreja, o Remanescente Messiânico e o Fim dos Tempos, cheguei à conclusão de que ninguém é forte, sábio ou justo o suficiente para cumpri-las. Se Deus estava nos chamando para nos envolver, nós tínhamos que trabalhar juntos como uma equipe. Se não pudéssemos desenvolver o trabalho em equipe, não poderíamos cumprir nosso destino.

Nunca é cil trabalhar em uma equipe. Uma equipe envolve pessoas e as pessoas têm problemas. Elas trazem suas fraquezas, suas diferenças de opiniões, seu orgulho, seus medos, teimosia, frustrações, etc. As pessoas vêm com sua “bagagem” e seu “lixo.”

Uma vez distribuí peças de um quebra-cabeça infantil para nossa equipe. Tivemos que deslizar nossas peças para o centro da mesa e fazê-las se encaixarem. As peças separadas não faziam sentido, mas quando estavam conectadas, uma imagem coerente emergiu.

Cada peça tinha curvas indo para dentro e curvas indo para fora. Interpretamos as curvas internas como nossas fraquezas ou necessidades, e as curvas externas como nossos talentos ou pontos fortes. As curvas internas – nossas fraquezas – foram o que permitiu que as peças se encaixassem.

Para se formar um quadro completo, a tarefa crucial é que cada um reconheça sua necessidade pelo outro.  Podemos permitir que as nossas fraquezas nos juntem, onde muitas vezes as nossas forças nos separam.

Propriedade Conjunta

Eu sirvo na liderança sênior do Revive Israel Tikkun Global (RITG), Ahavat Yeshua e Tiferet Yeshua. Graças a Deus, cada equipe está dando muito fruto pela Sua graça. Sinto-me muito consciente de minhas próprias fraquezas, e muitas vezes não tenho certeza do que contribuo. Cada equipe é composta de pessoas habilidosas, talentosas e motivadas como indivíduos.

Se há algo que eu sinto que fizemos certo, é promover um sentimento de trabalho em equipe e “propriedade” conjunta. Em cada um desses grupos, é evidente que há interação e uma dinâmica de dar e receberna equipe. Isso por si só fornece uma sensação de segurança para as outras pessoas envolvidas. Nada depende de apenas uma pessoa.

Eu resumo nossos objetivos de trabalho em equipe em uma orientação simples de três passos:

1.     O seu sucesso
2.     A nossa união
3.     Transferência geracional.

A primeira prioridade é desejar o sucesso dos outros envolvidos. A atitude deve ser: “Se eu puder ajudar você a ser bem sucedido, então eu fiz o meu trabalho.”

A segunda prioridade é manter a unidade da equipe. Todo mundo tem que se sacrificar para manter a união. Ceder é o preço da unidade.

A terceira prioridade envolve treinamento e transferência. Os objetivos do reino de Deus não são apenas grandes demais para qualquer pessoa, mas também grandes demais para qualquer geração. A transferência de funções e posições ocorre em ambas as direções: para cima e para forapara os mais velhos e para baixo e para dentropara os mais jovens.

A transição é como uma família em que o filho eventualmente se torna pai e o pai se torna avô. A autoridade é transferida gradualmente do mais velho para o mais jovem, mas o mais velho permanece em um lugar de influência e honra.

Espero que esses princípios de trabalho em equipe e relacionamentos de aliança ajudem você a dar muitos frutos em todas as esferas da vida (João 15. 5, 8, 16).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *