Reinando com Cristo

Publicado em: 22/05/2012 Categorias: A Grandiosidade de Jesus / Arauto

Arauto - Ano 12 - nº 01 - Jan/Mar 1994

Por: Jessie Penn Lewis

Em Mateus 20:21-22, lemos que a mãe de Tiago e João veio a Jesus e Lhe fez um pedido: “Manda que, no teu reino, estes meus dois filhos se assentem, um à tua direta e o outro à tua esquerda…Jesus respondeu e disse: Não sabeis o que pedis…”

Bem antes do Calvário, o Senhor fez uma alusão sobre o que estava por vir, e Seus discípulos pegaram a visão de um trono, um trono terreno para seu Mestre, e eles intimamente associados a Ele. Quando alguns deles vieram perguntar-Lhe a respeito, o Senhor pegou a pergunta e aplicando-a ao destino infinitamente maior daqueles que “seguem o Cordeiro onde quer que Ele vá,” perguntou: “Podeis vós beber do cálice que eu estou para beber…?” Vocês estão preparados para o preço? Eles responderam: “Podemos,” e o Senhor disse: “Bebereis o meu cálice; mas o assentar-se à minha direita e à minha esquerda não me compete concedê-lo; é, porém, para aqueles a quem está preparado por meu Pai” (verso 23).

Quando os outros discípulos ouviram esta conversa ficaram “indignados contra os dois irmãos,” mas o Senhor os chamou e disse: “Sabeis que os governadores dos povos os dominam e que os maiorais exercem autoridade sobre eles. Não é assim entre vós; pelo contrário, qualquer que quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva.” Este é o resultado prático da união com Cristo! O caminho para subir é descer.

Treinamento Para Governar

Existem aqueles que se sentarão com Cristo no Seu trono no Seu reino (Ap 3:21), mas a preparação para aquela posição é agora. Precisamos entender, ao experimentarmos esta identificação com Cristo na Sua morte e a união viva que gera comunhão com Ele na vida da ressureição, que deve haver uma manifestação clara disto no dia a dia. Não é somente participar da comunhão da vitória que Ele obteve sobre o mundo e o seu príncipe, Satanás, mas esta posição vitoriosa tem de ser trabalhada dentro de nós e manifestada através de nós na vida cotidiana. Há muitas
referências a reinar com Cristo nos Evangelhos e geralmente a idéia nestas passagens é que isto só acontecerá depois do dia do juizo final, mas o treinamento para isto é nesta vida.

“Muito bem, servo bom e fiel; foste fiel no pouco, sobre o muito te colocarei..” (Mt 25:23): um, recebeu o governo sobre dez cidades, enquanto o outro apenas sobre cinco, de acordo com a medida de sua fidelidade.

A posição de reinar sobre um trono ainda não é uma coisa visível. Os príncipes dos gentios ainda exercem o domínio terreno, “mas não é assim entre vós. “Agora, aquele que quer ser “grande” deve fazer o papel de servo. Aquele que seria o primeiro, que governaria sobre seus irmãos, deve ser “escravo deles” (Mt 20:26-27).

Trata-se de uma descida, descer para ser um servo, não mais lutar por seus “direitos”; poder para submeter-se; poder para ser um escravo na terra, este é o “preço” do trono. Mas enquanto isto, no lado celestial, você estará se transformando em um governante no poder da ressurreição.
Você pode beber deste cálice? Você pode descer desta forma? Você, entrou tão intimamente em união com seu Senhor que pode se humilhar perante alguém graciosamente, sem parecer uma vítima e sem esforço humano ou luta carnal?

Pense em Cristo lavando os pés dos Seus discípulos, ou como Ele se comportou perante o Sinédrio. Pense na zombaria e no escárnio, nos açoites e nas pancadas! Você pode beber deste cálice? Você pode descer até este ponto? Toda vez que você “descer’ você “subirá”. Que o Senhor nos prepare para o trono e nos faça dispostos a passar tai preparação.

Mas eu insistiria com você que o tempo é agora; agora no ano em que estamos, agora, nas atuais circunstâncias é que Deus quer trabalhar em nós. Deus colocou você no único lugar onde Ele pode responder sua oração e prepará-lo para o futuro. Você pode pensar que o inimigo tem interferido nas suas circunstâncias. Aparentemente tudo está de pernas para o ar, quase como se você estivesse nas mãos do diabo.

Meu amigo, este é o mais alto voto de confiança que Deus pode lhe dar! Deus é maior do que o diabo. Quando as coisas são mais negras e mais difíceis, e parece como se o diabo estivesse mandando em você, creia que é deste contexto que Deus está desenvolvendo sua glória e seu trono futuro. “Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz, para nós, eterno peso de glória, acima de toda comparação” (II Co 4:17).

Este é o caminho para o trono. A que profundidade sua fé pode chegar? Se você puder permanecer firme em meio a tudo isto e confiar totalmente em Deus, sem que nada ao redor mostre que Ele está com você, se você conseguir permanecer inabalável nisto tudo e dizer: “Eu creio que Deus é DEUS”, então você tem a vitória. “Aquietai-vos e SABEI que Eu sou Deus”. Até que ponto você pode confiar em Deus em meio às trevas?

Você pode beber deste cálice? Você pode dizer: “Eu posso. Eu posso fazer tudo em Cristo.” Sim, nós realmente sabemos do que Deus é capaz e precisamos nos esvaziar de nós mesmos e ficar mais íntimos dEle. Haverá um tempo em que nada teremos a não ser Deus, para que estejamos ancorados apenas nEle.

O diabo está indiscutivelmente derrotado, e Deus poderá fazer toda Sua vontade na sua vida quando você aprender a “descer,” e a, realmente, levar seu ego, (esta coisa perversa que sempre quer ser alguma coisa), até a cruz. Aí sim, em qualquer situação que estiver, você saberá que está no melhor lugar que Deus achou para você e que nenhuma outra circunstância seria adequada ao Seu propósito.

Deus o colocou no crisol perfeito para consumir aquilo que Ele julga necessário ser consumido. Muitos pensam que ‘Vitória” significa acertar suas circunstâncias. Não! A vitória está dentro de nós, quando em meio ás circunstâncias o Espírito de Deus pode fortalecer o nosso espírito a tal ponto que podemos ficar em silêncio rio meio de tudo que está contra nós e dizer: “Deus é DEUS,” sabendo que Ele está nos sustentando, o que é infinitamente melhor do que todas as nossas tentativas de controlar as coisas.

“Servo de Todos”

No fim de Efésios 1, nos é revelado o Cristo Ressurreto, sentado à direita de Deus, “ãcima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio,” com todas as coisas sob Seus pés. Logo a seguir lemos: “Ele vos deu vida…”; “Nos deu vida juntamente com Cristo…nos ressuscitou e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus.”

O Senhor Ressurreto nos chama a este lugar “acima” mesmo agora, e em espírito estamos assentados com Ele lá. Mas na terra, a nossa posição visível é aquela de “servo de todos” para a Sua causa. Que o Espírito Santo nos ensine a ser, em ação e em verdade, “servos de Jesus Cristo” aqui em baixo, pois esta será a nossa preparação para compartilhar o trono com Ele no futuro.

Você deseja isto? Você pode beber deste cálice? Ele bebeu do cálice por nós e podemos dizer: “Senhor, por mim mesmo eu não posso, mas pela Tua graça eu o aceito.”

Eu estive lendo um livro escrito por uma senhora que ficou presa na Rússia durante a revolução. Ela pertencia à velha nobreza russa. Eu fiquei muito impressionado com algo que ela escreveu, pois continha uma tremenda lição para os filhos de peus. Ela disse isto: “Nós tínhamos que provar àqueles bolchevistas que as pessoas da nossa classe não podiam ser atingidas pelo que eles nos faziam; e que os nossos inimigos nunca chegariam a ser o que nós somos por causa das suas ações.”

Eles estavam obrigando aquelas senhoras nobres limparem o chão, chãos tão sujos que tinham que usar facas para raspar a imundície, mas elas o faziam com um sorriso nos lábios, como se nada daquilo lhes tivesse importância.

E quanto à sua “classe”, sua posição celestial? Nós pertencemos à família real do céu e temos que mostrar o que somos. Nada nesta terra o pode humilhar se você não se humilhar. Não é o que você faz que conta, mas sim, o que você é.

Paulo escreveu aos cristãos de Corinto: “…chegastes a reinar sem nós…” (I Co 4:8). Eles estavam se vangloriando de seus privilégios e conhecimentos espirituais, mas o Apóstolo acrescenta com pesar: “…oxalá reinásseis para que também nós viéssemos a reinar convosco.”

Sua idéia de vida no trono era muito diferente do caminho do Cordeiro de Deus, e muito diferente do caminho dos Seus apóstolos que eram leitos um espetáculo para o mundo,” que eram “loucos por causa de Cristo,” fracos e desprezados (versos 9-14). Porém, Paulo lhes suplica para seguí-lo neste caminho, pois agora este é o caminho para o poder espiritual, e é, também, “a escalada” para o trono.

“Se sofremos com Ele também reinaremos” (I Tm 2:12). A salvação é de graça para todos, mas a posição do trono é preparada para aqueles que estão dispostos a passar pela preparação, “…o assentar-se à minha direita direita e à minha esquerda não me compete concedê-lo, é, porém, para aqueles a quem está preparado por meu Pai.” “Ao vencedor, dar-ihe-ei sentar-se comigo no meu trono” (Ap 3:21).

—————————————————————————————————-

A Oração é um Trabalho Nobre

A oração é um trabalho nobre – oração, isto é, como aquela de Jacó no Jaboque (Gn 32:22-32). A oração, no seu auge, é o ato mais nobre, mais sublime, mais magnífico e estupendo que qualquer criatura de Deus pode realizar na terra ou no céu. A oração é algo inatingível para a maioria dos homens. Ela é muito elevada, e as pessoas vivem num nível muito baixo, por isso, não podem alcançá-la. A verdadeira oração é uma obra colossal.
Houve gigantes no passado. Você, por acaso, pertence a esta casta real? Você gostaria de ser incluído na lista dos mais nobres eleitos de Deus no fim dos seus dias? Você gostaria de ser contado com Seu Filho e com Seus santos escolhidos? Então ore!
Alexander Whyte

—————————————————————————————————-

O maior poder confiado ao homem é o poder da oração. Mas quantos de nós desonramos esta confiança e deixamos este misterioso poder onipotente que foi colocado em nossas mãos, em grande parte,sem usar?”
S.D.Gordon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *