Pressão Coletiva e o Ouvir a Voz de Deus

Publicado em: 22/11/2021 Categorias: 2021 / Revive Israel

Um movimento global de avivamento e restauração a partir de Jerusalém para Judeia e Samaria, chegando aos confins da terra e voltando novamente para Israel…

Pressão Coletiva e o Ouvir a Voz de Deus
Por Guy Cohen

Congregação Colheita de Asher – CLIQUE AQUI.
A pressão coletiva não é nova e assume muitas formas, assim como a nossa reação a ela. Quando pressionados, podemos ser tentados a ir contra a nossa própria racionalidade, sistema de crenças ou compreensão do que Deus nos disse para fazermos. Podemos nos ver obrigados a escolher entre o que acreditamos ser correto e o que se espera ou mesmo se exige de nós por parte da sociedade, família, empregadores, governos, etc.

No livro de Daniel, vemos os jovens exilados hebreus Sadraque, Mesaque e Abede-Nego confrontados com estas questões na Babilónia. Eles receberam um cargo alto no palácio e foram favorecidos pelo rei Nabucodonosor, apesar de serem judeus e forasteiros. De repente, foram confrontados com a ordem de se curvar perante uma estátua do rei, para a adorar como um deus. E por falar em pressão coletiva, ao mesmo tempo foi enviada uma ordem para todo o império para reunir os principais líderes para estarem presentes perante a estátua de ouro de 30 metros de altura. Quando a música começou, todos receberam ordens de se curvar.

Para Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, o ato de se curvar iria contrariar diretamente a Palavra de Deus: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura… Não as adorarás, nem lhes darás culto; porque eu sou o Senhor, teu Deus, Deus zeloso” (Ex 20.3-5).

Esses três jovens crentes tiveram de tomar um posicionamento, o de desobedecer a uma ordem e enfrentar as consequências, conforme Daniel 3.12: “Estes homens, ó rei, não fizeram caso de ti, a teus deuses não servem, nem adoram a imagem de ouro que levantaste”.

Depois recusaram uma ordem direta feita pelo próprio rei, que se colocou acima do seu Deus. A sua resposta? “Se o nosso Deus, a quem servimos, quer livrar-nos, ele nos livrará da fornalha de fogo ardente e das tuas mãos, ó rei. Se não, fica sabendo, ó rei, que não serviremos a teus deuses, nem adoraremos a imagem de ouro que levantaste”.

Enquanto eram atirados ao fogo, a situação virou do avesso. Aqueles que se apressaram a servir ao rei em sua fúria, empurrando os hebreus para a fornalha ardente, foram queimados. Enquanto o rei observava, Deus se juntou aos três hebreus na fornalha e o fogo nem sequer tocou seus cabelos!

Precisamos caminhar como esses três exilados: olhando para a Palavra de Deus para nos guiar enquanto ouvimos a voz de Yeshua. Precisamos do Espírito de Deus para nos fazer passar por estes tempos desafiadores, respeitando-nos mutuamente e reconhecendo que as pessoas podem ter chamados diferentes.

Há muitos dentre os crentes que tomaram a vacina contra o COVID e muitos que não tomaram; cada um fez conforme aquilo que sentiu. Yeshua não veio para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. E essa deve ser a nossa atitude perante as muitas opiniões e discussões incessantes sobre o COVID e a vacina. O nosso papel não é julgar uns aos outros.

Cada um de nós deve desenvolver uma relação íntima com Deus, para que possamos ouvir a sua voz individualmente. Só então poderemos estar unidos contra as provações do final dos tempos que se aproximam e o aparecimento do Anticristo.

Voltemos os nossos olhos e os nossos corações para Yeshua e que ele retorne em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *