O Fogo de Deus

Publicado em: 07/04/2013 Categorias: Arauto / O Espírito Santo Incendiará Sua Vida

Arauto - Ano 31 - nº 01 - Jan/Fev 2014

Por: Samuel Chadwick

O batismo do Espírito é o batismo de fogo. Esse é o milagre de Pentecostes. Ele acende o fogo da alma de Cristo na alma dos homens. Eles recebem, compreendem e reproduzem sua mente, seu coração e sua vida. Seu zelo torna-se o caráter dominante de sua vida. Eles manifestam sua fervorosa devoção à vontade do Pai, sua santa paixão por realidade e retidão, seu zelo consumidor pela salvação dos perdidos. Ele acende uma fervorosa devoção a Deus, uma paixão por retidão e um desejo consumidor de buscar e salvar os perdidos. Vida espiritual incandescente ilumina a mente, energiza todas as faculdades mentais e desperta todo o potencial de compaixão.

Salvação é assunto do coração. Conformidade com convenções exteriores e observação fiel de regras podem produzir um bom fariseu, mas nunca um cristão. É com santa paixão acesa na alma que vivemos a vida de Deus. Verdade sem entusiasmo, moralidade sem emoção, ritual sem alma são as atitudes que Cristo severamente condenou. Destituídas de fogo, são nada mais que filosofia sem Deus, um mero sistema ético e uma superstição. Paixão moral e espiritual é a essência da religião de Cristo.

O fogo não pode fazer concessões. A lógica da paixão é direta, simples e implacável. É impossível para homens inflamados fazerem cálculos friamente. Inspiração despreza dissimulação. As questões são simples quando o coração é intenso. A chama pura de um santo entusiasmo é um guia mais seguro do que a seca luz da razão fria. A segurança da alma está em seu calor. O fogo é a melhor defesa contra corrupção. Se quisermos estar seguros, devemos nos vestir com zelo tal como se fosse uma peça de roupa. Nossa religião está segura somente quando está protegida por “uma muralha de fogo à sua volta”.

É o fogo que prevalece. Durante cinquenta dias, os fatos do Evangelho já tinham sido concluídos, porém nenhuma conversão foi registrada. O Pentecostes registrou três mil almas. A causa que é capaz de incendiar as pessoas consegue também ganhar convertidos. Homens inflamados são invencíveis. O inferno treme quando homens pegam fogo. Pecado, mundanismo, incredulidade e inferno resistem a tudo menos ao fogo. A Igreja é impotente sem o fogo do Espírito Santo. Quando destituída do fogo, nada mais tem valor; quando possui o fogo, nada mais importa. A única necessidade vital é do fogo. Como recebê-lo, onde encontrá-lo, por quais meios retê-lo são as perguntas mais importantes e urgentes do nosso tempo. Uma coisa sabemos: ele vem apenas com a presença do Espírito de Deus, o próprio Espírito do fogo. Somente Deus pode enviar o fogo.

Extraído de The Way to Pentecost (O Caminho para o Pentecostes), de Samuel Chadwick.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *