Não tema as conspirações do Corona!

Publicado em: 19/06/2020 Categorias: 2020 / Revive Israel

Ron Cantor

[Amado, não estou escrevendo para zombar de ninguém. Isso jorrou do meu interior após eu dedicar um tempo para a oração e na palavra – de um coração de amor e profunda preocupação com o povo de Deus.]

Observe que eu não escrevi “teorias da conspiração”, mas conspirações. Vamos começar com a hipótese de que algumas ou todas as diferentes teorias potenciais de conspiração não sejam teorias, mas verdadeiras:

Ok, e agora?

A questão é: Como devemos responder?

Qual é a resposta dos cristãos na China ao fato de seu governo conspirar contra eles diariamente? Pregar o evangelho e ganhar o maior número de pessoas possível. Qual foi a resposta de Paulo à perseguição dos crentes por Roma? Pregar o evangelho. Qual foi a resposta dos apóstolos para o julgamento e assassinato ilegais de Yeshua? Pregar o evangelho. Ou quando foram presos e espancados (At 4)? Pregar o evangelho. Quais foram as últimas palavras de Yeshua? “Avisar as pessoas sobre o Bill Gates”? Não, e me desculpe, eu não estou tentando ser engraçadinho aqui, mas ir direto ao ponto. Suas últimas palavras foram para que fossem por todo o mundo para fazer discípulos. O que Paulo fez em sua cela? Ele estava preocupado com o imperador Nero? Não, ele continuou a ministrar por meio de suas cartas.

Eu não estou dizendo que nós devemos ignorar a injustiça ou as pessoas que conspiram para fazer o mal (e logicamente, precisaremos de mais evidências do que algumas postagens no Facebook).

As Conspirações das Nações

Não devemos nos surpreender se, eventualmente, não pudermos comprar ou vender sem a marca da besta. Chegará o dia em que os governos do mundo se voltarão contra os crentes e nos perseguirão. Embora eu não acredite que a restrição atual para não se reunir em grandes grupos seja motivado pelo desejo de fechar a igreja, esta é a oportunidade de nos treinar, porque esse dia certamente chegará! Eles vão “conspirar” contra Deus e o seu Messias.

Por que se enfurecem os gentios
e os povos imaginam coisas vãs?
Os reis da terra se levantam,
e os príncipes conspiram contra o Senhor
e contra o seu Ungido (Sl 2.1.2).

O fato de certos poderes conspirarem contra Deus e seu povo não é novidade nem é chocante. Isso foi profetizado há muito tempo. A questão é: estamos prontos?

Frequentemente, tememos a fúria e a conspiração das nações mais do que aquele que as criou. Quando nos preocupamos com as conspirações do homem, como consequência tornamos Deus muito pequeno. O maior de todos os maus protagonistas que estão por vir não é o príncipe Charles, a OMS, Bill Gates ou Dr. Fauci, mas o anticristo, e até ele é um mero fantoche nas mãos de Deus. Por três anos e meio, esse homem poderoso será incapaz de tocar em Jerusalém, pois as duas testemunhas, que soprarão fogo e “atingem a terra com pragas quantas vezes quiserem”, o deterão, ao mesmo tempo em que proclamarão Yeshua na cidade velha de Jerusalém. Somente depois que eles se forem (para o céu), é que ele conseguirá atacar a Cidade Santa (Zc 14.1-2)

Apesar de todos os planos do homem, Deus fará valer a sua vontade. Ninguém vai “passar a perna em Deus” (com torres de transmissão 5G ou vacinas falsas), mas, pelo contrário, os homens são seus servos, quer saibam disto ou não. Durante os últimos sete anos antes de Yeshua voltar, eles terão grandes dificuldades em implementar seus planos malignos em meio a pragas, terremotos e secas, enquanto o povo de Deus experimentará proteção de grande parte disso, como os israelitas durante as pragas da Páscoa [ocorridas no Egito]. Será um tempo angustiante no planeta Terra.

“Então, lhes disse: Levantar-se-á nação contra nação, e reino, contra reino;
haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu. Antes, porém, de todas estas coisas, lançarão mão de vós e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome; e isto vos acontecerá para que deis testemunho.” (
Lc 21.10-13)

“Eu empenho a minha cabeça para o céu”

Minha preocupação não é quem está conspirando, mas aqueles que não estão preparados para os tempos difíceis, para a perseguição. Mesmo agora, muitos estão profetizando, esperando e orando para que todos possamos voltar ao normal, o que significa R$ 30 mil no mercado de ações, economia forte e megaigrejas cheias.

Mas é isso que Deus quer? Talvez por uma temporada, até a próxima “dor de parto”. Certamente, se estamos nos últimos dias, o velho normal não voltará mais. Estou muito menos preocupado com a palavra ou visão profética de alguém do que com a inabalável e palavra de Deus 100% precisa que fala de um tempo de sofrimento cataclísmico antes do retorno de Yeshua.

Mas queremos o nosso “normal” de volta. Noutro dia, conversei com um pastor de uma megaigreja, e ele me disse que todos os seus colegas estão dizendo: “Não se preocupe … tudo voltará ao normal em breve”. Será que talvez Deus esteja fazendo o que ele disse em sua Palavra? Hebreus 12.26-27 nos diz que ele abalará tudo o que pode ser abalado, de modo que somente o que é inabalável permaneça.

Eu vejo, em breve, que Deus fará com que algumas de nossas estruturas ministeriais desmoronem. Não estou me isentando disto, pois só Deus conhece o meu coração e meus motivos, meus medos e ciúmes. Deixe tudo vir abaixo! Eu imagino que alguns pastores entrarão em pânico ao perderem seu palco. Cuidado com aqueles que lhe dizem que a chave para parar a praga é uma doação para o ministério deles. Dar é super importante, especialmente em tempos de fome ou praga, mas o povo de Deus tem sido frequentemente manipulado por pregadores milionários. Continuo vendo em meu espírito andaimes e estruturas feitas pelo homem, e uma bola de demolição/terremoto derrubando todos eles. Então surgirá algo muito mais belo, a Eclésia, o povo de Deus, no lugar das velhas estruturas. Será que Deus não está apenas drenando o pântano na política, mas também no ministério? O julgamento não começa com a casa de Deus? (1 Pe 4.17)

Eu acredito firmemente em liderança. Mas os líderes são chamados para “capacitar os santos para as obras do ministério” (Ef. 4.11-14) para que não façam todo o trabalho do ministério sozinhos. Meu palpite é que já temos mais pessoas comuns que não pertencem à liderança fazendo mais obra do ministério agora do que antes, por causa da COVID-19. Precisamos ser Jesus para este mundo.

Eu adoraria que as coisas voltassem a ser como antes. Eu tinha uma vida boa. Nosso pequeno negócio de turismo já perdeu cerca de US$ 20 mil – até agora. Mas, como Keith Green disse: “Eu empenho a minha cabeça para o céu em favor do Evangelho”. Quem tenho eu senão Jesus? E ele está removendo todo o resto. E sim, é assustador, mas eu desejo a sua glória. Ele não volta para uma noiva distraída, mas para alguém que anseia por ele.

(Escrevi esses últimos parágrafos em lágrimas, em santo temor e tremor.)

Yeshua chama tudo isso de o princípio das dores (Mateus 24.8). Para quem já deu à luz, você não precisa que eu lhe diga que as dores de parto vêm em ondas. Entre outras coisas, elas servem para informar à mãe que o bebê está chegando. Isso me diz duas coisas: uma, a crise vai acabará diminuindo, mas não por muito tempo. Mais dores virão na forma daquilo que Yeshua disse: terremotos, fomes, guerras e pragas e, claro, perseguição.

Em segundo lugar, as dores do parto terminam com um nascimento. Estamos chegando perto do glorioso Reino do Milênio, onde, como escreveu meu querido amigo que está agora com Yeshua, Marc Chopinsky, ele reinará sobre toda a Terra. Qualquer mãe lhe dirá que, assim que o bebê nasce, as dores do parto rapidamente se tornam uma lembrança distante.

O que fazer?

Em vez de focar nas teorias da conspiração (mesmo que sejam verdadeiras), devemos:

1) Preparar-nos para o que está por vir. Não quero dizer, estocar água, mas preparar-se emocionalmente e espiritualmente. Devemos aprender a viver sobrenaturalmente como Elias durante a seca. Foi isso que Jesus nos disse:

“Não se assustem … mas decidam no coração não premeditar como farão a sua defesa” (Lc 21.9,14)

Por que ele nos diz isso? Porque o coração das pessoas desmaiará de medo. Na verdade, em Mateus, Jesus diz que as pessoas até mesmo ficarão com raiva de Deus e se afastarão dele: “E então muitos serão escandalizados, e trairão um ao outro, e se odiarão”. A dor do parto é um sinal para acordar e se aprontar, orar e buscar a Deus, para encontrar nossa segurança nele. A primeira parte dessa citação tem a ver com eventos mundiais e, depois, a segunda parte tem a ver com ser preso por nossa fé. Essas coisas irão acontecer.

2) Regozijar-nos e estar animados. Falando do sinal do fim dos tempos, Yeshua nos dá a vacina, por assim dizer, contra a praga do “pânico”:

“Ora, ao começarem estas coisas a suceder, exultai e erguei a vossa cabeça; porque a vossa redenção se aproxima” (Lc 21.28).

Vamos buscar Deus como nunca antes!

Nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória.

“Onde está, ó morte, a tua vitória?
Onde está, ó morte, o teu aguilhão?

O aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Graças a Deus, que nos dá a vitória por intermédio de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Co 15.51-57).

Transmissão Global 05 | Live de Israel

 

 

 

Convidamos você a adorar a Yeshua conosco, desde Jerusalém até os confins da Terra. Nossa equipe de adoração Revive Israel nos conduzirá à sua presença. Ariel Blumenthal e Ron Cantor irão abençoá-lo com encorajamento. Compartilhe isso com seus amigos para que mais e mais pessoas sejam abençoadas.

3 respostas para “Não tema as conspirações do Corona!”

  1. Durval disse:

    Glória a Deus, as dores estão se intensificando, isto trará momentos tristes, mas é na perseverança que alcançaremos nossa redenção. Ótima mensagem e muito importante.

  2. Erialdo Sousa disse:

    Bendito seja Deus, a cada dia os sinais estão se intensificando, isso significa que a nossa redenção se aproxima. Mensagem poderosa.

  3. Maria Chagas Rodrigues da Silva disse:

    Mensagem profunda, muito me alegrei ao ler verdades, que precisamos rever com mais fé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *