Não é Tempo de Sermos Meros Espectadores

Publicado em: 30/06/2012 Categorias: Arauto / Tragédia de Uma Igreja Ineficaz

Arauto - Ano 11 - nº 03 - Out/Dez 1993

Por: Fred D. Jarvis

A maioria dos cristãos não está cheia da vida do Espírito, muito menos transbordante. Muitos cristãos vivem bem longe do modelo de vida vitoriosa das Escrituras. Há um número grande demais de cristãos abaixo do padrão bíblico.

A vida cheia do Epírito, dirigida e governada por Ele, é a norma de Deus para todo cristão. A Palavra de Deus contém numerosas histórias de homens e mulheres comuns que faziam coisas extraordinárias e recebiam extraordinárias bênçãos – através da obediência a Cristo. São histórias de homems e mulheres que pagaram o preço para alcançar o poder de Deus e seguiram pelo caminho do progresso espiritual.

Hoje, Deus está à procura de homens e mulheres que ousem fazer proezas, e por meio de quem Ele possa fazer maravilhas e mover montanhas. Deus quer Se manifestar em nossos dias. Nós podemos ter o Seu poder sobrenatural em nossas vidas.

O poder do Espírito Santo está disponível hoje para tornar o incomum comum! Estamos prontos para entrarmos no programa de Deus? Estamos prontos para andarmos com Deus? Ele quer nos livrar de nossos inimigos e de nossos temores, e nos ajudar a viver todos os dias de nossa vida em santidade.

Não há lugar na economia de Deus para cristãos hesitantes, fracos e infrutíferos. Cristo não veio para salvar-nos em nossos pecados, mas dos nossos pecados. Discipulado falho e consagração incompleta não devem ser tolerados ou perdoados. Não há nescessidade de ser um cristão irremediavelmente fraco. Ele é capaz de “salvar totalmente”, ele é capaz de “socorrer”. Ele é capaz de “sustê-lo” e de “fazer abundar toda graça”.

Ele é capaz de fazer infinitamente mais do que pedimos ou pensamos.

Uma vida de santidade prática, de serviço útil e de caráter cristão é o ideal determinado na Palavra de Deus, e que é possível de ser alcançado. Milhares encontraram este caminho de poder, este “caminho de santidade”. As ordens de Deus são ao mesmo tempo capacitações de Deus, pois Ele disse: “Sede santos, porque eu sou santo.” (1 Pe 1:16).

A vitória na vida cristã é a meta áurea apresentada nos Evangelhos. Tudo que ousar interferir com isto deve ser expurgado. Deus quer que “soltemos as ligaduras da impiedade”, que “desfaçamos as ataduras da servidão” e que “despedacemos todo jugo”. Ele quer que “cavalguemos sobre os altos da Terra.”

O melhor de Deus pode ser nosso! As mãos de Deus podem estar sobre nossa vida. O poder dinâmico de Deus pode fluir através da nossa vida. Nós podemos – e devemos – ver Deus agir. Deus está procurando por “um povo peculiar, zeloso de boas obras.”

A mensagem de vitória e de poder, de nos considerarmos mortos para o pecado, de nos apresentarmos a Deus, de andarmos no Espírito, de carregarmos a cruz – deve ser constantemente defendida e solidamente realçada. Você entrará conosco para a batalha? Não há tempo para sermos meros espectadores. Que Deus nos ajude a sermos heróis dedicados e soldados atirados na grande arena da vida!

Uma resposta para “Não é Tempo de Sermos Meros Espectadores”

  1. Felipe disse:

    Nossa, que texto… sendo edificado cada vez mais profundamente.
    E aprendendo cada vez mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *