Itens Para Oração e Louvor

Publicado em: 05/05/2012 Categorias: Arauto / Prosseguindo Para Obter o Prêmio

Arauto - Ano 13 - nº 02 - Abr/Jun 1995

Por: Lois J. Stucky

É uma bênção poder cooperar com Deus! O nosso trabalho deve ser um fluir da Sua vida em nós, como Andrew Murray ensina no seu artigo Esperando e Trabalhando. Nós trabalhamos pela inspiração, pela capacitação, pelo zelo do grande Deus que vive em nós.

A alegria de Cristo, o Seu objetivo, a paixão da Sua vida terrena, era fazer a vontade do Pai. Em primeiro lugar, isto diz respeito à redenção da humanidade. Quando Cristo habita em nós, é nossa alegria, nosso objetivo, sim, nossa ambição também, fazer a vontade de Deus. Isto inclui um Getsêmani! Isto inclui um Calvário! Na nossa medida relativamente pequena, há uma cruz que temos que carregar quando servimos a Deus. Mas depois da cruz vem a coroa, a glória. Aleluia!

Vamos orar uns pelos outros pela graça de que precisamos para fazer a vontade do Pai. Note bem: fazer. Não somente orar por ela, embora isto seja importante (Mt6:10); não somente admirá- la e estimá-la; mas fazer a vontade do Pai. Isto nos leva a receber um “muito bem, servo bom.

Deus tem cumprido, de uma forma maravilhosa e perfeita, a Sua parte no Seu plano eterno para a redenção da humanidade. Deus e Seu Filho providenciaram uma salvação muito dispendiosa para ser dada total e gratuitamente a quem quer que a receba. O Espírito Santo chama e capacita obreiros desejosos e envia-os aos confins da terra para tornar esta salvação conhecida.

O plano de Deus é maravilhoso e o Seu papel na execução dele também o é! O Seu papel é infinitamente maior e mais importante do que o do homem, mas Ele deu a cada pessoa convertida um papel neste plano, um trabalho a fazer. Que privilégio e que responsabilidade!

Aqui no Arauto da Sua Vinda nós levamos muito a sério aquilo que Deus nos deu para fazer. Sentimo-nos como os servos inúteis que a Palavra de Deus diz que somos (Lucas 17:10), mas estamos dando tudo de nós na obra que Ele colocou em nossas mãos para ser feita. Esforçamo-nos para sustentar tudo o que fazemos com muita oração.

Muitos de vocês, amigos leitores, estão unidos conosco nesta empreitada. Vocês oram por nós, enviam suas ofertas, pedem e distribuem esta literatura a fim de espalhar esta mensagem. Vocês são essenciais para o nosso ministério. Nós os valorizamos muito. Estamos separados por distâncias muito grandes, e assim não é possível encontrar-nos pessoalmente para nos encorajar mutuamente, mas através de suas cartas e através do Arauto da Sua Vinda mantemos a comunhão e unidade no Senhor.

Não podemos deixar de sentir que fomos chamados para viver e trabalharem uma hora final, crítica e intensa. De repente, nações inteiras estão engolfadas em tragédias. Oportunidades que tivemos antes, de repente não existem mais. Aconteceu assim na Coréia, no Vietnã, na Europa Oriental e mais recentemente em Angola, Moçambique, Libéria, Bósnia, Haiti e Ruanda.

Ah, se, de repente, estas nações fossem engolfadas nas bênçãos de Deus! Isto pode acontecer! Esta é a nossa visão fundamental. Deus disse que derramaria Seu Espírito sobre toda a carne. Nações inteiras podem experimentar uma bênção pelo Espírito de Deus. Mas isto não acontece sem esforço.

Quando suas ofertas e orações, mais o nosso trabalho aqui o tornam possível, nós enviamos o Arauto da Sua Vinda, arautos de salvação e outros materiais para muitos países ao redor do mundo. Algumas das cópias vão para cristãos que têm a visão do avivamento e sentem um peso por isto. Existe um encorajamento mútuo para seguir em frente, para pedir e esperar no Senhor. É verdade que muitos avivalistas do passado morreram crendo que Deus ia enviar um avivamento. As orações deles estão guardadas no Céu, porém ainda não foram respondidas.

Enquanto tivermos vida e fôlego, vamos fazer nossa parte. Vamos viver e trabalhar crendo e orando para que toda a extensão das bênçãos de Deus venha a esta terra antes que o fim chegue. Deus ainda é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos (Ef 3:20). Não vamos reter nada que possamos dar ao Senhor e à Sua causa. Uma publicação conta sobre uma equipe de obreiros que passava o filme “Jesus” em Ruanda na época crítica da revolução. Eles fizeram questão de mostrá-lo até diante do perigo de perseguição, e como resultado, perderam suas vidas. Dedicação até a morte! Mas, na morte, quem sabe quantos levaram consigo para a Vida Eterna? Este é um exemplo para todos nós quanto à urgência com que o Evangelho deve ser proclamado nestes dias.

Por favor, ajude-nos com o que Deus colocar em seu coração, a ministrar tanto quanto for possível. Grandes quantidades de literatura estão sendo requisitadas pelos distribuidores em nosso país e nos países estrangeiros. Da Nigéira e do Quênia recebemos cartas a respeito de situações cruciais em seu país e estão ansiosos para dar o Evangelho agora, antes que algo trágico lhes sobrevenha.

Louve a Deus!

• Por todos aqueles que estão levando a sério o mandamento de Deus de saturar o mundo com o Evangelho e que estão participando a medida que Deus os capacita.
• Pelos corações humildes e famintos que respondem com tanta alegria ao Evangelho simples repartido com eles e que tão seriamente tentam colocá-lo em prática em suas vidas. Eles são motivo de alegria para o coração do Pai!

Por Favor, Ore!

• Para que Deus continue a trabalhar e abençoar como já vemos agora, entre o povo judeu, para que muitos outros sejam salvos nestes dias.
• Para que Deus use esta edição do Arauto da Sua Vinda para Sua honra e Sua glória e para a edificação do Seu povo.
• Por sabedoria quanto ao uso dos fundos e tempo disponíveis ao Arauto da Sua Vinda. Há muitas oportunidades. Nós queremos o Seu melhor.
• Para que pessoas, grupos de oração e igrejas com visão de avivamento e que sentem peso pela obra de Deus sejam capacitados a perseverar até que Deus venha e implante a justiça onde agora reina o pecado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *