Fruto do Domínio Próprio

Publicado em: 17/07/2017 Categorias: 2017 / Revive Israel

Por Asher Intrater

Como amamos o fruto do Espírito – amor, alegria e todas aquelas outras coisas boas. É a própria personalidade de Deus em nós. Existe um fruto do Espírito no final que parece ser menos falado: domínio próprio. Poderíamos chamá-lo de o Fruto Final.

Gálatas 5.22-23 – Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio…

Talvez as pessoas se sintam menos atraídas a esse fruto porque requer dizer “não” um pouquinho. Isso significa dizer “não” para os nossos próprios desejos, ou ao menos restringi-los a certo ponto. Mas esse fruto é muito importante.

Yeshua recebeu poder do Espírito Santo basicamente por ter dito “não” três vezes ao maligno (Lucas 4.1-14) Domínio próprio se trata de dizer “não” a nós mesmos. É semelhante ao “a si mesmo se negue” (Lucas 9.23). Isso significa guardar nossa mente de forma que aqueles pensamentos obscuros não entrem a qualquer momento (2 Coríntios 10.3-5; Filipenses 4.4-8). É manter a porta fechada para qualquer coisa que possa dar lugar ao diabo (Efésios 4.25-29).

Recebemos todas as bênçãos pela graça porque Yeshua foi crucificado POR nós. Ao mesmo tempo, Deus nos chama para viver como se estivéssemos crucificados COM Ele.

Gálatas 2.19-20 – Estou crucificado com Cristo; logo, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim; e esse viver que, agora, tenho na carne, vivo pela fé no Filho de Deus, que me amou e a si mesmo se entregou por mim.

Nós chamamos isso de a vida crucificada. É a nossa resposta a ele por ter sido crucificado por nós. Vivemos diariamente “como se” estivéssemos crucificados. A autocrucificação é uma parábola. Eu exercito a autorrestrição sobre desejos naturais diariamente. O fruto do domínio próprio é o meio que usamos para praticar a ideia de ser crucificados com ele.

Quando o Senhor quer nos abençoar, existe primeiro um período de autocontrole. Às vezes esse período é um minuto, às vezes um ano. Muitas vezes parece que será para sempre. O domínio próprio é necessário antes da bênção, durante a bênção e depois da bênção.

Só porque Deus te abençoou com uma ótima refeição, não significa que você tem que comer tudo o que está sobre a mesa. Nós exercitamos o domínio próprio para manter as bênçãos que Deus nos deu. Excluímos as coisas ruins, e mantemos as coisas boas sob controle. Deus permanece no trono sobre nós.

Este exemplo pode ser um pouco explícito, mas o domínio próprio me lembra quando você é obrigado a esperar antes de ir ao banheiro. Você contrai um músculo lá dentro e segura firme.  No nível da alma, é isso que o domínio próprio faz.

Não estamos esperando para nos aliviar. Estamos esperando no Senhor. Restringimos nossos próprios instintos a fim de dar ao Senhor tempo e oportunidade para trabalhar em nossa vida. Enquanto esperamos no Senhor, exercitamos domínio próprio.

Provérbios 16.32 – Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma Cidade.

Você pode ser maior do que um general de exército, um atleta campeão ou um primeiro-ministro. Eles são heróis. Quem consegue controlar a si mesmo é um “super” herói. O domínio próprio é a maior das vitórias.

Percebo, mesmo enquanto escrevo isso, que existe uma capacidade divina para aumentar o domínio próprio. Eu oro por você agora mesmo enquanto lê estas palavras, para que o fruto do domínio próprio cresça abundantemente em sua vida.

Sendo a Luz do Mundo

Eddie Santoro

Recentemente, no Shabbat, eu compartilhei uma mensagem sobre ser a “Luz do Mundo”. Antes de eu falar, no início da reunião, Simchá deu um testemunho sobre o que aconteceu depois dela ter decidido ser “ousada” por onde quer que fosse. Ela estava no supermercado e sentiu o Senhor lhe dar uma palavra de conhecimento para alguém que estava sofrendo de dor nas costas. Ela o cumprimentou amavelmente, e, depois de trocarem algumas palavras, ele concordou em deixá-la orar por ele. Glória a Deus! ELE FOI CURADO! Ela estava muito empolgada e encorajou todos a dar o passo de fé necessário para espalhar o amor de Deus e cura por onde formos. Suas palavras foram uma grande confirmação da mensagem que eu estava para compartilhar!

Após a minha mensagem, muitos receberam um toque pessoal para serem livres numa nova coragem. Por favor, junte-se a nós em oração, crendo que algo novo está sendo liberado em Jerusalém nestes dias e que o seu povo começará a caminhar numa nova confiança e ousadia! Os campos branquejam para a colheita. Que os seus trabalhadores sejam enviados a esses campos e que possamos fazer a colheita.

Intencionalidade

Cody fala sobre a importância de sermos intencionais em tudo o que fazemos, desde os negócios até o ministério:

Legendas disponíveis em dinamarquês, holandês, inglês, francês, polonês e português (Brasil)!

Novo Batismo!

Fomos tão abençoados em testemunhar e celebrar o batismo dos membros árabe-cristãos da nossa equipe, Malik e Suzan! Ambos foram batizados quando crianças de acordo com a tradição de suas igrejas, mas também desejavam declarar publicamente seu compromisso com Yeshua como adultos. Esse dia ficou ainda mais especial já que ficamos sabendo que eles estão grávidos! Por favor, una-se a nós em cobrir continuamente esse jovem casal em oração!

Uma resposta para “Fruto do Domínio Próprio”

  1. Sammer Keyla disse:

    Amém!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.