Eu Tenho Que Fazer Parte de uma Congregação?

Publicado em: 12/02/2016 Categorias: 2016 / Revive Israel

Asher Intrater

Algumas pessoas perguntam: “Se leio a Bíblia e oro, por que tenho que participar de uma igreja local?”. Bem, para receber o perdão dos pecados (salvação), a pessoa não precisa fazer parte de uma congregação. No entanto, há muitas razões por que ela deveria pertencer a uma. Aqui estão algumas:

  1. A Intenção de Yeshua – logo após a declaração de fé de Simão Kefa (Pedro), Yeshua respondeu dizendo: “sobre esta pedra edificarei a minha kehila (ecclesia, igreja)” – Mateus 16.18. Como alguém pode dizer que se comprometeu a seguir Yeshua, mas não coopera com o plano dele de edificar a sua igreja?
  2. Guerra Espiritual – na mesma passagem, Yeshua diz “e as portas do hades não prevalecerão contra ela”Mateus 16.18. Numa comunidade de fé que busca a Deus, deve haver autoridade espiritual para nos proteger contra os ataques do diabo. Assim, se alguém não faz parte de uma comunidade de fé, ele está desnecessariamente exposto aos ataques demoníacos.
  3. Resposta ao Evangelho – No primeiro sermão de Pedro, ele encorajou as pessoas ao arrependimento, a serem batizadas nas águas, e a receber o Espírito Santo (Atos 2.38). Aqueles que eram salvos imediatamente se uniam à comunidade da fé (“acrescentava-lhes o Senhor” – Atos 2.41 e 47). A sua resposta ao evangelho era um profundo comprometimento ao Senhor e à sua comunidade na terra (Atos 2.42-47; 4.32-35).
  4. Oração em Conjunto – Pedro foi detido e levado para a prisão, mas foi liberto sobrenaturalmente por uma intervenção direta de anjos (Atos 12.3). Uma das razões para esse milagre foi que Pedro, pois, estava guardado na prisão; mas a igreja orava com insistência a Deus por ele” – Atos 12.5. A oração em conjunto é mais forte que a oração individual. A oração em conjunto acontece dentro da comunidade da fé (Mateus 18.19.)
  5. Responsabilidade Moral – Como seguidores de Yeshua, devemos viver de acordo com princípios de fidelidade e integridade. Quando pecamos, nossos irmãos e irmãs devem nos auxiliar por meio de conselhos e confronto. Isso deveria acontecer dentro da congregação (Mateus 18.15-19). Se não há comprometimento com uma comunidade da fé, não há vínculos de relacionamento para ajudarmos uns aos outros a manter a responsabilidade moral.
  6. Presbíteros em Cada Cidade – Em todas as viagens e ministério de Paulo (Saulo), vemos um padrão recorrente: oração, pregação evangelística, reunir os novos convertidos numa congregação, designar presbíteros. “E, havendo-lhes feito eleger anciãos em cada igreja…” – Atos 14.23. Em todos os lugares e cidades, os convertidos se uniam a uma comunidade com líderes que tinham autoridade espiritual. Não há outro padrão nas Escrituras.
  7. Epístolas Paulinas – É irônico que alguns justificam o fato de não participarem de uma congregação citando versos das epístolas de Paulo. Contudo, a maioria das epístolas de Paulo – Romanos, Coríntios, Gálatas, Efésios, Filipenses, Colossenses – foram escritas para igrejas locais. Devemos ler as epístolas como membros de uma congregação local.
  8. Dons do Espírito – Outros falam que são guiados pessoal e independentemente pelo Espírito Santo. Certamente o Espírito Santo guia cada um de nós individualmente. Entretanto, a explicação principal a respeito dos dons do Espírito Santo está em 1 Coríntios 12-14. Lá, vemos que TODOS os dons são SEMPRE para o fortalecimento da congregação local da fé (1 Coríntios 12.4, 14, 26; 14.4, 5, 12, 26).
  9. Epístolas de Yeshua – Não foi apenas Paulo que escreveu cartas às congregações locais, Yeshua também fez isso! Em Apocalipse 2-3, encontramos as epístolas de Yeshua a 7 igrejas diferentes. Era obviamente sua expectativa que TODOS os seus seguidores fossem membros de congregações locais.
  10. Ecclesia Universal – Uma congregação local é uma célula ou parte do grande Corpo do Messias. Dessa forma, estamos debaixo da liderança de Yeshua (Efésios 1.22), manifestando a sabedoria de Deus (Efésios 3.10), recebendo a glória de Deus (Efésios 3.21), revelando o mistério da “noiva” (Efésios 5.25), e mantendo a coluna da verdade no mundo (1 Timóteo 3.15).

Uma congregação local pode se reunir em seu próprio prédio, ou na casa de alguém ou secretamente no meio de uma floresta! Mas os princípios básicos não mudam. Que todos nós possamos achar um bom “lar familiar” como parte de uma comunidade local da fé em Yeshua!

————————————————-

Ban Ki-moon e Terror

Eddie Santoro

O Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon recentemente culpou a “política de assentamento” de Israel como a raiz por trás da onda atual de violência terrorista. O fato de que todo o mundo islâmico está abertamente comprometido – não a uma solução de criar dois estados, mas à destruição total de Israel – é completamente ignorado. 

Ban fez a abertura da recente Conferência do Clima em Paris com um momento de silêncio pelas vítimas do terrorismo e uma exposição solene das cidades onde os islâmicos radicais assassinaram pessoas, mas com a omissão gritante de Tel Aviv e Jerusalém. Assassinar judeus passou a ser agora oficialmente descrito como “resistência à ocupação” e não um ato terrorista – conforme acontece no restante do mundo.

Esses pensamentos nunca foram expressos quando a França reagiu ao recente ataque terrorista que sofreu. Desde o ataque às Torres Gêmeas em NY aos ataques na África e Europa, líderes mundiais sempre apoiam a resposta de uma nação como seu esforço para se proteger contra o terror islâmico. Mas Israel, a nação que sofreu isso há mais tempo e numa intensidade maior do que qualquer outra nação no mundo, é abertamente condenada ao reagir aos ataques terroristas contra seus cidadãos.

Ore conosco para que os poderes que estão encorajando essas pessoas a cometer esses ataques sejam quebrados e derrotados.

————————————————-

Israel, Grécia e Chipre

Greta Mavro

Recentemente, Israel, Grécia e Chipre assinaram um acordo trilateral de cooperação em gás natural, redes elétricas e segurança contra o terrorismo. Aqui está um relatório encorajador (em inglês) pelo Ministro Israelense de Relações Exteriores.

http://mfa.gov.il/MFA/PressRoom/2016/Pages/Trilateral-meeting-between-Israel-Greece-and-Cyprus-28-Jan-2016.aspx

————————————————-

O ‘Cão de Guarda’ de Israel

Recentemente, Caleb Meyers apareceu na primeira página do suplemento do jornal local de Jerusalém Maariv. Num trocadilho com seu nome, eles se referiram a ele como o novo “cão de guarda” de Israel e o elogiaram por seus esforços em defender Israel contra a mídia no mundo todo. Por favor, ore pelo trabalho que ele está realizando no Instituto de Justiça de Jerusalém no sentido de apoiar organizações sem fins lucrativos nas áreas de educação, necessidades humanitárias, justiça social e direitos civis. Meyers também tem atuado numa associação jurídica que combate racismo, xenofobia, antissemitismo, negação do fato histórico do Holocausto e negação do direito de existência do Estado de Israel.

————————————————-

Não Mais Estrangeiros – Daniel C. Juster [ parte 1 ]

Para ver o ensinamento em vídeo desta semana, em inglês:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *