Cada pessoa tem um chamado específico de Deus

Publicado em: 01/03/2018 Categorias: Blog

Harold Walker

Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus. Segundo a graça de Deus que me foi dada, lancei eu como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode lançar outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento levanta um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará; pois aquele dia a demonstrará, porque será revelada no fogo, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se permanecer a obra que alguém sobre ele edificou, esse receberá galardão. Se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele prejuízo; mas o tal será salvo, todavia, como que pelo fogo. (1 Co 3.9-15)

Para onde me irei do teu Espírito, ou para onde fugirei da tua presença? Se subir ao céu, tu aí estás; se fizer no inferno a minha cama, eis que tu ali estás também. Se tomar as asas da alva, se habitar nas extremidades do mar, ainda ali a tua mão me guiará e a tua destra me susterá. Se eu disser: Ocultem-me as trevas; torne-se em noite a luz que me circunda; nem ainda as trevas são escuras para ti, mas a noite resplandece como o dia; as trevas e a luz são para ti a mesma coisa. Pois tu formaste os meus rins; entreteceste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem. Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e esmeradamente tecido nas profundezas da terra. Os teus olhos viram a minha substância ainda informe, e no teu livro foram escritos os dias, sim, todos os dias que foram ordenados para mim, quando ainda não havia nem um deles. E quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grande é a soma deles! Se eu os contasse, seriam mais numerosos do que a areia; quando acordo ainda estou contigo. (Sl 139.7-18)

Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus antes preparou para que andássemos nelas. (Ef 2.10)

Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça, revelar seu Filho em mim, para que eu o pregasse entre os gentios, não consultei carne e sangue; (Gl 1.15,16

O que é que liga todas essas passagens bíblicas? “Deus nos conheceu antes que nós nascêssemos!” Havia bilhões de possibilidades, mas entre elas foi você quem nasceu. Você não nasceu por acaso, mas foi concebido propositalmente, intencionalmente. Você é diferente de todo mundo que já existiu e que vai existir. Não é só pela íris do seu olho ou pelas suas digitais, mas você é uma pessoa única, porque nunca houve ou haverá alguém igual a você. Foi assim que o nosso grande Deus nos formou. Bilhões de pessoas, entre trilhões de possibilidades e nenhuma igual à outra. Mas todas elas nasceram, vieram a existir, porque Deus assim programou.

No Salmo 139, Davi disse que se ele pudesse contar os pensamentos de Deus, seria uma tarefa impossível, porque são mais numerosos que a areia do marSabe por quê? Porque para cada pessoa que já nasceu, Deus tem um plano específico. Ele tem um livro e nele estão escritos todos os dias das nossas vidas.

Se você é cristão não pode apoiar a prática do aborto, porque o Salmo 139 diz que Deus vê a substância ainda informe de cada pessoa – ou seja, só a primeira célula resultante da união do espermatozóide e do óvulo. Para ele, essa já é uma vida, uma pessoa para quem ele fez planos. Então não é apenas o seu D.N.A. que é diferente, mas Deus também lhe deu um destino específico! Você não nasceu para simplesmente “passar” pela vida, curtindo ou sofrendo, sem saber o que fazer ou para quê veio. Paulo disse que, mesmo antes dele nascer, Deus já tinha um plano para ele. Demorou para o Senhor chamá-lo, mas desde o ventre de sua mãe sua missão como apóstolo já havia sido preparado por Deus.

Você crê que tem um destino em Deus? Que você não está aqui à toa, para viver como quer e fazer o que quer? Todo mundo, no começo de cada ano, gosta de fazer metas, propósitos, promessas. É bom aproveitar a virada do ano para mudar hábitos, mas não precisa ser cristão para isso; todos podem fazê-lo se tiverem força de vontade e decisão. Prova disso é que um dos livros mais vendidos nos últimos anos é “O Poder do Hábito”. Pessoas param de fumar, de beber, mudam sua alimentação, começam a se exercitar, ficam saudáveis, alteram completamente seus hábitos – e isso tudo pode ser feito sem Deus!

Isso não quer dizer que Deus não se interessa em mudança de hábitos ruins para hábitos saudáveis. Só estou dizendo que não devemos pensar que só porque uma pessoa parou de fumar ou foi liberta de algum vício, que ela está cumprindo sua missão na vida. Deus criou o mundo natural e podemos praticar e usufruir do uso correto das leis naturais. É possível plantar uma lavoura sem Deus ou fazê-lo com Deus. Só porque você confia em Deus não significa que você vai ficar só orando para a lavoura prosperar. Você precisa arar, plantar, cultivar e irrigar sua plantação assim como qualquer lavrador sem fé em Deus. Mas além de fazer tudo isso no nível natural, você, que confia em Deus, precisa buscar a ele para receber uma bênção sobrenatural sobre seus esforços. Assim também devemos pensar sobre o nosso estilo de vida. Não tem nada errado em você usar técnicas naturais para mudar de hábitos, mas isso não quer dizer que está mudando para cumprir o propósito de Deus em sua vida.

Você sabe qual é a sua missão de vida? Se não sabe, está procurando com toda a sua força? Você sabe a contribuição que deve dar a este mundo antes de morrer? Você sabe o que vai falar para Deus quando chegar no Céu? Ele lhe dirá: “Eu lhe coloquei no mundo para fazer isso e aquilo; escrevi no meu livro todos os dias da sua vida. Mas você não fez o que eu queria! Você vai ser salvo, porque creu em Jesus, mas tudo o que você fez foi palha, madeira e feno, e o fogo queimará tudo isso! Eu lhe vi orando, mas você só pedia: ‘Deus, me abençoe, me dê um emprego melhor, me ajude a casar, a ganhar mais dinheiro etc.’” Ora, não é errado pedir essas coisas, mas às vezes, não são prioridades de Deus em sua vida, pois sua prioridade é QUE VOCÊ CUMPRA A MISSÃO PARA A QUAL ELE LHE COLOCOU NA TERRA.

Nenhum de nós vive ou morre para si (2 Co 5.15). Nós fomos colocados aqui para fazer alguma coisa. Estamos aqui para fazer diferença, para que o mundo seja diferente por causa de nós e, quando morrermos, as pessoas sentirão a nossa falta;  haverá impacto, porque ninguém mais poderá fazer o que somente nós fazíamos.

Só há um fundamento: JESUS! Fora dele não dá para fazer nada que preste, que permaneça. Tudo é Jesus, só Jesus e mais nada a não ser Jesus. Então, A MISSÃO PRINCIPAL DE QUALQUER PESSOA É MANIFESTAR JESUS. Mas ele foi embora, está à destra do Pai esperando para voltar, e agora é a nossa hora de o revelar ao mundo, de sermos suas testemunhas na Terra. Só que cada um de nós o faz de um jeito diferente! Ninguém pode mostrar Jesus igualzinho ao outro. Ninguém é cópia do outro, ninguém tem uma história de vida igual ao outro, pois todos nós somos únicos. Por exemplo, o sanguíneo vai mostrar Jesus com entusiasmo, rindo, abraçando todo mundo. O melancólico vai mostrar Jesus fazendo poesias, pintando quadros, fazendo uma ou duas amizades com muito custo, mas que vai mudar a vida dessas pessoas para sempre.

Não há um padrão! Deus não quer que você seja o outro! Ele quer que VOCÊ SEJA VOCÊ, pois ELE LHE FEZ PARA VOCÊ SER VOCÊ! E ninguém é igual a você! A maneira como você olha, sorri, fala, ora, se comunica, se relaciona, toma decisões, lida com os problemas – tudo isso é único, é seu, é você! E Jesus quer se manifestar através da sua vida de uma forma única e maravilhosa.

O Salmo 139 diz que Deus me viu como “substância ainda informe” – antes dos meus ossos serem formados, todos os meus dias já estavam escritos no seu livro. Efésios 2 diz que Deus preparou boas obras para mim antes que eu nascesse. Ou seja, minha maior tarefa na vida é descobrir o que ele quer fazer comigo, como ele quer me usar, o que eu posso fazer para ele, como eu posso manifestar Jesus, como eu posso deixar de fazer palha, madeira e feno – coisas que eu originei – e fazer ouro, prata e pedras preciosas – coisas que ele planejou. A minha maior tarefa é descobrir qual é o plano, o propósito, o projeto, o rumo de Deus para a minha vida. É descobrir para onde ele quer que eu vá, o que ele quer que eu faça, para quê estou vivo.

Eu me lembro que a maior preocupação da minha mãe, depois que meu pai morreu, era: “Para que estou viva ainda? Ainda tem algo para eu fazer? O que é que eu devo fazer?” Entenda algo: crente não aposenta! Se você está vivo é porque tem um propósito, é porque ainda não cumpriu sua missão, pois, no dia em que você a cumprir, partirá para o céu. Tem gente que está em coma, não faz nada – mas Deus tem algum propósito com isso e vai usar essa pessoa para alguma situação. Ele é o Soberano, o Dono dos vivos e dos mortos!

Jesus terminou o propósito da vida dele com 33 anos. Por 30 anos ele não curou, não fez milagres, não pregou para ninguém. O próprio Deus estava presente em carne no mundo, podia fazer qualquer coisa, podia curar milhões de pessoas, mas não o fez. Por que? Porque não era a hora! Ele só fazia o que o Pai queria, na hora e no momento do Pai, e somente pela vontade do Pai. Ele disse: “O Filho de si mesmo nada pode fazer, senão o que vir o Pai fazer; porque tudo quanto ele faz, o Filho o faz igualmente.” (Jo 5.19). Ele poderia ter dito: “Pai, mas tem tanta gente morrendo!” E Deus lhe diria: “Fica tranquilo; ainda não é sua hora.” Mas, quando chegou sua hora, Jesus curou multidões!

Entenda o que eu estou dizendo nessa palavra. Deus ama você, tem um projeto para a sua vida e você tem uma missão! Se você está vivo é porque ele quer lhe usar para fazer alguma coisa. Ele lhe colocou no mundo para manifestá-lo, e você o manifesta de um jeito que ninguém mais consegue fazer. MAS É VOCÊ QUEM TEM QUE DESCOBRIR ISSO! Ninguém pode fazê-lo por você. Ninguém pode abrir a “senha” que Deus deu a você. Só você pode fazê-lo. E Deus não abre tudo de uma vez, mas aos poucos. Ele diz: “A primeira coisa é essa; a próxima é essa; a terceira é aquela…” E você diz: “Mas Deus, porque o Senhor já não fala tudo?” Ele responde: “Não! Se eu contar tudo você não vai aguentar!” Então, viva passo por passo, mas procure seu propósito com todo o seu coração.

Não queira chegar ao final da sua vida e só então descobrir que tudo que fez foi apenas madeira, palha e feno. Eu não quero chegar ao fim da minha vida e descobrir que desperdicei muitos momentos, preocupando-me comigo mesmo, me distraindo, saindo fora do rumo. Eu quero acertar o alvo! Eu quero descobrir para quê estou aqui, o que eu posso fazer que ninguém mais pode.

Deus preparou boas obras para você e eu fazermos HOJE! Talvez seja quase nada; talvez seja apenas dar um sorriso para alguém, pois esse alguém pode estar justamente precisando receber um sorriso hoje. Tudo o mais que fizermos neste dia poderá ser madeira, palha e feno, mas esse sorriso, se foi ideia de Deus, é ouro, e irá permanecer.

Deus é muito simples. Ele não está procurando coisas grandes, coisas que todo mundo aplaude. Todos acharam um absurdo Jesus ter morrido na cruz, como bandido, humilhado, sem se defender, mas ele mudou a história do mundo justamente porque fez somente o que o Pai queria. E você também vai mudar o mundo se fizer apenas o que Deus quer que você faça. Só que você precisa colocar isso como alvo! Levante-se cada manhã e pergunte: “Deus, o que o Senhor quer de mim hoje? Por que eu estou vivo? Quais são as boas obras que o Senhor escreveu no seu livro para eu fazer hoje?” Entenda: Ele não vai falar em voz audível, não vai fazê-lo por escrito, mas se você orar com sinceridade, ficar atento para os impulsos do Espírito Santo, seu dia será diferente.

Por exemplo, você poderá encontrar uma pessoa e deixar outros compromissos “urgentes” só para conversar com ela por algum tempo e, então, sentirá Deus satisfeito, sorrindo para você. Você deixou de fazer algum projeto, dispendeu horas que nos seus planos seriam dedicadas a outra coisa, mas aquela pessoa que não estava em sua agenda, foi o Espírito Santo quem colocou à sua frente e lhe disse: “Faça diferença na vida dela agora.”

Talvez você não perceba essas coisas na hora em que acontecem, mas, quando você se torna maleável nas mãos de Deus e permite que ele lhe surpreenda com coisas que não estava esperando, quando você tem esse anseio de agradar a Deus acima de todas as coisas e fazer apenas aquilo que está no coração dele para sua vida, irá notar que o Espírito Santo lhe usará como um lápis na mão dele. Ele escreverá uma história com a sua vida e muitas pessoas serão mudadas por seu intermédio. E, acima de tudo, DEUS FICARÁ SATISFEITO COM VOCÊ!

Você já sentiu, ao final do dia, que o Senhor está sorrindo para você? Ele lhe ama de qualquer jeito – mesmo você não fazendo nada, mesmo desobedecendo em tudo, pois você é filho dele, e ele não lhe ama pelas suas obras, pelo que você faz ou deixa de fazer. Mesmo que todas as suas obras se queimem e você seja salvo pelo fogo, ele continuará lhe amando do mesmo jeito. Só que ele vai ficar triste, porque tinha uma história para sua vida e você se negou a escrevê-la.

Então eu lhe pergunto hoje: Você quer mesmo agradar a Deus? Quer cumprir a sua missão? Quer buscar isso de todo o coração? Quer tirar os olhos dos seus projetos pessoais e buscar os projetos do Senhor? Quer aceitar o que Jesus falou: “Sem mim nada podeis fazer” (Jo 15.5)? Porque sem Jesus nós somos um fracasso, mesmo tendo boas intenções; mas com Jesus, mesmo o mínimo que fizermos, trará a presença de Deus para este mundo tão necessitado.

A sombra de Pedro curava; o lenço de Paulo curava. Nós também podemos viver desta forma no mundo. Nosso simples sorriso pode fazer diferença na vida das pessoas, porque NÓS SOMOS COLOCADOS NO MUNDO PARA FAZER DIFERENÇA! Mas não nós, e sim, CRISTO EM NÓS! Assim construiremos ouro, prata e pedras preciosas sobre este alicerce.

Deus ama a sua Igreja; ela é a noiva de Cristo; nós somos um só Corpo – não só a nossa congregação, mas todas as que existem na face da Terra, todos aqueles que servem a Deus – somos UM só com eles. “Um só coração, uma só mente, um só propósito” tem que começar entre nós, mas depois precisa se alastrar para com todos os nossos irmãos, em todos os lugares.

Jesus é um grande “imã”: ele está nos atraindo para pensar, sentir e agir como ele, para ter o coração dele, para não ter partidos ou preferências, para não conhecer uns aos outros segundo a carne. No entanto, só seremos úteis para esse Corpo coletivo se tivermos um RELACIONAMENTO PESSOAL COM DEUS! Você tem um dom que ninguém mais tem. Esse dom não é só para você, uma “coroazinha” para ficar curtindo. Não! Esse dom é para você edificar a Igreja, para você contribuir para que o Corpo de Cristo coletivo seja enriquecido.

Não podemos pensar que a Igreja é um “purê de batatas”. Purê é algo que desmancha tudo e vira uma massa só, mas a Igreja não é assim. Você não perde a identidade quando entra no Corpo de Cristo: ou você é fígado, ou é rim, ou é olho, ou é orelha – você não é igual a ninguém, mas é único, diferente, pessoal. Sua individualidade não acaba, não morre. Você tem uma história com Deus e a está desenvolvendo. É essa sua história que enriquece a Igreja e faz com que ela tenha um só coração, uma só mente, uma só alma. Assim, nunca permita que o coletivo destrua a sua individualidade.

Nós não vamos chegar todos juntos, “por atacado”, diante do Trono de Deus. Você não vai dizer a Deus: “Ah, Você precisa me aceitar porque eu faço parte da igreja em Jundiaí”, porque não é sobre isso que ele vai perguntar. Nós não vamos para o céu como quando alguém entra no metrô ou o trem suburbano em São Paulo. Ali você nem precisa levantar o pé para entrar, quando as portas se abrem. É tanta gente entrando na mesma hora que você é levado para dentro do trem, querendo ou não querendo! O difícil é conseguir colocar o pé no chão depois! Não! A Igreja coletiva não salva ninguém! Ela é composta de PESSOAS, indivíduos preciosos, escolhidos e amados por Deus, que abrem mão de seus projetos pessoais para viver o sonho de Deus para suas vidas e, assim, a Igreja é enriquecida com dons e contribuições diversas e brilha como diamante – com muitas facetas, variedades e riquezas que foram feitas pelo nosso Joalheiro Celestial. Amém!

Transcrição e Edição: Luiz Roberto Cascaldi (lrcascaldi@gmail.com)

“Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e saúde para o corpo.” (Pv 16.24)

Uma resposta para “Cada pessoa tem um chamado específico de Deus”

  1. Maria Verônica Ferreira disse:

    amem! oh gloria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *