Buscando A Face De Deus Por Misericórdias

Publicado em: 21/07/2012 Categorias: Arauto / Como Ensinar o Evangelho Para as Crianças

Arauto - Ano 11 - nº 01 - Abr/Jun 1993

Por: W. C. Moore

A Palavra de Deus não só contém promessas, mas quando lemos as suas preciosas páginas, encontramos um desafio. Ela nos diz que Deus não faz acepção de pessoas. Portanto quando vemos qualquer coisa que Deus fez por alguém, é um claro desafio para a nossa fé. já que podemos ter a mesma coisa se preenchermos as condições estabelecidas.

É maravilhoso o que Deus pode fazer atrav és de um homem que tem o desejo ardente de ver Deus operar Charles G Finney conta que um certo homem nas Filipinas era acostumado a orar todos os sábados até a meia-noite em favor dos cultos de domingo, e Deus abençoava de maneira marcante. Um sábado, durante um tempo de reavivamento, quando Deus estava movendo de uma maneira especial nesta determinada igreja, este homem se sentiu cansado e deixou de orar até a meia-noite. No domingo houve um visível enfraquecimento do reavivamento espiritual. Este homem de oração se levantou e fez uma confissão pública do seu pecado por ver o que a sua negligência havia causado.

É marav ilhoso o que Deus pode fazer através de até dois homens se eles se dispuserem. Paulo e Silas, com seus pés presos em troncos no interior da prisão, machucados pelas pancadas, à meia- noite oraram e cantaram louvores a Deus. e nesta hora mais imprópria, no lugar mais impróprio. Deus enviou um terremoto e começou um reav ivamento pelo Espírito Santo.

Nós não vemos um Ezequiel desenco­rajado quando ele se encontrou numa situação impossível, no meio de um vale cheio de ossos muito secos. Ele simples­mente olhou para o Senhor.

Cada filho de Deus tem um papel para interpretar, um trabalho para fazer em conexão com o derramamento de um grande reavivamento pelo Espírito Santo. Jesus disse: “…a cada um a sua obrigação…” (Mc 13:34). Para fazer um fogo, não se pode apenas pegar alguns gravetos molhados e jogá-los juntos casualmente. Por isso. unir os nossos esforços por um reav iv amento. não pode ser feito de uma maneira casual, mas cada um deve observar e v er como o Espirito de Deus está se movendo. Deve-se também ser humilde, agir com alegria e de boa vontade para se encaixar no plano de Deus. ser persistente até que Ele responda.

O livro de Neemias apresenta um poderoso desafio para aqueles de nós que estão orando desesperadamente por um reavivamento do Espirito Santo. Neemias ficou angustiado quando soube que os muros de Jerusalém estavam derrubados e que o seu povo estava em grande aflição e desgraça. Ele ficou tão oprimido que sen­tou-se e chorou, ficou de luto por alguns dias. jejuou e orou diante do Deus do Céu

Então ele confessou seus próprios pecados e os pecados do seu povo. Ele não somente implorou ferv orosamente a Deus. como também ousou falar com o Rei. Como Ester, a coisa estava tão arraigada no seu coração que ele arriscou a sua v ida e fez tudo o que estava ao seu alcance para remediar a situação Ele sacudiu o coração do povo de tal forma que. se uniram de boa vontade para trabalhar. Estavam realmente motivados para traba­lhar. Apesar de serem ridicularizados e contrariados por Sambalá e outros, com uma arma em uma das mãos e uma espá­tula na outra, os constnitores dos muros continuaram sem parar. Eles estavam tão desesperados, tão determinados, tão sin­ceros que nem mesmo tiravam suas rou­pas. a não ser para se lav arem.

Hoje. uma condição semelhante pre­valece. Os muros de Jerusalém caíram (espiritualmente falando). Desgraça sobre desgraça tem vindo sobre a causa de Cristo porque não temos orado por um grande reavivamento que. com certeza. Deus quer nos dar. O povo de Deus deveria se unir para estar pronto para a vinda do Senhor. Precisamos olhar para as condições, especialmente entre o povo de Deus. até os nossos corações se quebrantarem e sentirmos o peso da obra de Deus. Os muros da igreja estão que­brados c toda espécie de imundície tem invadido o povo de Deus.

Quando Neemias ficou oprimido e orou desesperada, determinada e persis­tentemente. as suas orações foram aten­didas. uma grande quantidade em dinheiro foi doada e Deus até fez com que o coração do rei ficasse a favor de Neemias.

Se vocc está satisfeito de continuar sem aceitar o desafio de Deus. muito provavelmente não terá muita oposição por parte do diabo. Mas comece a cons­truir os muros e vocc lerá uma batalha nas suas mãos Neemias não tentou construir os muros sozinho, ele chamou o povo para trabalhar. Se cada um fizer a sua parle, não levará muito tempo e os muros estarão erguidos e o diabo ficará do lado de fora.

Leia Neemias. Veja como eles traba­lharam e se recusaram a desviar sua atenção ou ficar parados. Nos dias de hoje muitas pessoas têm descido para discutir assuntos com os opositores, discutindo sobre esta ou aquela doutrina ao invés de evangelizar almas e de se lembrarem que têm uma grande obra para fazer.

Apoderando-se da Oração Hoje

A chave da vitória hoje é sentir o peso da obra de Deus. c depois orar até alcançar aquela posição onde a alegria do Senhor seja a sua força, naquela posição de fé que joga a carga sobre Deus. Ao mesmo tempo que clama pelas almas dos homens, proclame os louvores de Deus e grite a vitória porque nós confiamos em Deus para fazer aquilo que estamos pedindo.

Muitas pessoas estão tentando se encher de fé e alegria. Mas a fé. e especialmente a alegria, surgem esponta­neamente cm um coração quebrantado e destruido. Temos de colocar um funda­mento para a fé. Quando vocc vê uma pessoa exercitando a fé em Deus. apesar de circunstâncias contrárias, você pode ter certeza que ela lançou diligentemente a base na oração e no esperar em Deus.

O plano c a promessa de Deus são que: “Os que esperam no Senhor renova­rão as suas forças” (Is 40:31). Como um poeta tão apropriadamente disse: “As posições mais altas, conquistadas e man­tidas por grandes homens, não foram atingidas por vôos repentinos; pelo con­trario. enquanto seus companheiros dor­miam. eles avançavam penosamente passo a passo durante a noite.”

Você pode apropriar-se da vitória através do Senhor Jesus Cristo. Os nossos corações devem se quebrantar ao vermos a condição do povo de Deus na face da terra, isto é, destruído, dividido, quebrado, sangrando, e com tantas pessoas mantidas como escravos cativos pelo diabo.

Se quiser ver um reavivamento, você terá de levar uma colher de pedreiro em uma das mãos e uma espada na outra, e fazer o que você puder! Deus nos ajude!

O Senhor está voltando em breve. Vamos tomar o peso da obra de Deus sobre os nossos ombros e nos unir para buscar a face de Deus para que haja novas miseri­córdias da parte dEle.

Vamos, em secreto e na companhia de outros, dar de nós mesmos à oração para um reavivamento do Espírito Santo, der­ramando os nossos corações diante dEle por Sua obra. Deus reconhecerá a nossa unidade de fé e enviará um reavivamento. Ele não faz acepção de pessoas.

W. C. Moore

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *