Vida Cristã: Solteiro e Satisfeito

09/12/2011 Publicado por: Impacto

Este artigo pertence a:
Edição 06

Você está com raiva de Deus?

Por: Gary Haynes

Meu amigo estava angustiado. “Estraguei tudo! Meu ministério está destruído”, ele disse. Então começou a contar-me como caíra em pecado com uma senhora que trabalhava no mesmo ministério que ele. Esta era a segunda vez que isto acontecia, ele confessou.

Fazia mais de uma década que eu conhecia intimamente este homem. Nos últimos dois ou três anos parecia que a alegria tinha começado a desaparecer da sua vida. Tinha se tornado desesperadamente infeliz com a sua condição de solteiro no ministério.

No princípio, ficara satisfeito em simplesmente servir a Jesus, mas mais recentemente começara a pensar apenas no seu estado de solteiro que para ele agora era uma espécie de maldição. Seu único assunto passou a ser casamento.

Seu problema não consistia apenas em solidão, tentação sexual ou desejo por companheirismo, mas principalmente em tirar sua atenção do Senhor e enfocar apenas seu próprio descontentamento. Esta luta foi grandemente agravada pela pressão inacreditável na igreja hoje que diz que para ser normal e realizado, você tem de ser casado. As maiores batalhas de muitos cristãos solteiros ficam piores por causa dos conselhos de irmãos e irmãs no Senhor.

Devido ao crescimento do número de adultos solteiros hoje, os pastores precisam entender as lutas que estes enfrentam para poder ministrar a eles mais eficazmente. A chave não é algum programa ou ministério novo e fantástico. Antes consiste em realmente entender o papel que Deus tem para os adultos solteiros – e assim ajudá-los a descobrir seu chamado em Deus e seu lugar especial no Corpo de Cristo.

Aqui estão algumas das coisas que os solteiros estão querendo desesperadamente ouvir:

1. É uma bênção ser solteiro.

“Por que você ainda está solteiro? Há alguma coisa de errado com você?” Acredite ou não, como um solteiro no ministério, já ouvi estas perguntas muitas vezes – a maioria das vezes dos meus amigos.

Freqüentemente, o fato de ser solteiro é considerado como negativo, associado com rejeição, não conseguir atingir a média, não ser bom o suficiente para achar um cônjuge. Os solteiros já enfrentam este tipo de pensamentos sozinhos, por isso ouvi-los de um amigo cristão só piora as coisas.

Entretanto, a verdade é que ser solteiro não é uma maldição. De acordo com o apóstolo Paulo, é uma bênção tremenda, que proporciona oportunidades especiais para servir ao Senhor. “Quem não é casado cuida das coisas do Senhor, em como há de agradar ao Senhor, mas quem é casado cuida das coisas do mundo, em como há de agradar a sua mulher, e está dividido. A mulher não casada e a virgem cuidam das coisas do Senhor para serem santas, tanto no corpo como no espírito; a casada, porém, cuida das coisas do mundo, em como há de agradar ao marido” (1 Co 7.32-34).

2. Você pode manter-se sexualmente puro enquanto solteiro.

Obviamente, imoralidade sexual não é problema só de solteiros; se fosse, não existiriam casos de adultério. Mas uma das maiores pedras de tropeço que os solteiros enfrentam é a tentação sexual.

Pouco depois que entrei no ministério, encontrei uma jovem na minha igreja e convidei-a para um passeio juntos. No carro, voltando para casa após uma tarde agradável, ela disse que gostava de mim. Poucos minutos depois, acrescentou abruptamente que se gostava de um cara sentia que não seria errado dormir com ele. Daí me perguntou o que eu achava!

Sentia-me muito atraído por ela e comecei a sentir que estava numa situação muito perigosa. Uma parte de mim queria raciocinar que eu era forte o suficiente para enfrentar a tentação e que talvez eu pudesse ajudar esta moça.

Mas então lembrei-me da história de José com a esposa de Potifar. José sabia que tinha que agir radicalmente para quebrar as garras da tentação sexual. Ele tinha que dar o fora, naquele instante!

Juntei coragem, olhei para ela, e disse: “Discordo totalmente de você. Creio que de acordo com a Palavra de Deus relações sexuais só devem ser mantidas dentro do casamento.” Então deixei-a na casa dela e fiquei no carro enquanto ela descia, esquecendo-me de minhas boas maneiras. Eu sabia que se não corresse poderia cair em pecado.

O segredo para manter-se sexualmente puro -tanto casado quanto solteiro – é entender nossa natureza pecaminosa e nossa necessidade da força de Cristo em nossas vidas. É levantar cada manhã e dizer: “Eu sou fraco, Jesus. Sê forte em mim hoje.” A vida de solteiro pode ser uma vida de força e alegria no Senhor se atentarmos para o poder que ele nos dá para viver retamente (2 Pe 1.3).

3. Você é chamado para servir a Deus agora e não deve esperar casar-se primeiro

Uma das maiores armadilhas da vida solteira é a tendência de viver no compasso de espera, aguardando o casamento para realmente servir ao Senhor. Os solteiros precisam saber que não há necessidade de esperar – Deus quer usar-nos agora!

Não existe nenhuma condição nas Escrituras de que a pessoa precisa ser casada para servir no ministério. Se houvesse, o ministério do próprio Senhor Jesus seria invalidado, bem como o do apóstolo Paulo.

Entretanto, a pergunta que os adultos não casados mais me fazem é: Como posso entrar no ministério se ainda estou solteiro? Muitos ministérios – empreendimentos missionários, por exemplo – são realmente mais fáceis para solteiros, e a maioria está aberta para qualquer pessoa, independentemente do seu estado civil.

Os solteiros precisam saber que há um chamado de Deus sobre suas vidas agora e que uma das maiores bênçãos de ser solteiro é poder servir a Deus sem impedimento.

A história do meu amigo tem um final feliz.

Depois de sua falha moral, ele se submeteu a um ano de restauração sob a orientação dos seus líderes no ministério, voltou novamente seus olhos para o Senhor e retornou ao ministério com uma unção especial sobre sua vida. Uma vez que sua atenção voltara outra vez para o Senhor e sua alegria fora restaurada através da comunhão com o Espírito Santo, Deus colocou uma jovem bonita na sua vida e hoje ele está feliz no casamento.

Creio que o casamento é uma bênção. Mas como solteiro, estou procurando aproveitar a vida e servir ao Senhor, confiando que qualquer que seja o futuro que ele me reservou – casado ou solteiro  isso será o melhor para mim.

Gary Haynes é diretor do Instituto Cristo para as Nações em Belo Horizonte, e presidente da Editora Atos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *