Procuram-se Sacerdotes

Data de publicação: 28/11/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 15 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 15

Por: Derek Prince e Christopher Walker

É tremendo pensar sobre o ministério apostólico, o ministério profético e todos os demais. Ficamos comovidos, imaginando toda a bênção que resultará da operação destes ministérios no meio do povo de Deus.

Mas há um ministério mais alto, mais santo e mais sagrado. É o ministério da maior santidade, honra e sublimidade que existe. É o ministério de rei e sacerdote (1 Pd 2.9; Ap 1.6). É o nível do próprio trono de Deus, o nível mais alto do universo.

Você quer saber por que não existem os outros ministérios em operação ainda? Você se admira de não estarem em verdadeira operação os apóstolos e profetas do Senhor? Por que ainda temos movimentos, homens que ministram em imperfeição? Por que ainda sentimos a carência daquela palavra do Senhor que edi- ficará a sua igreja?

A resposta é simples. Não há reis e sacerdotes. O propósito de Deus está sendo frustrado. Ninguém está ministrando diante dele no santo dos santos. Conseqüentemente ele não está em nosso meio. Ele está longe de nós.

Jesus nos mostrou isto através da sua vida. Ele manifestou o que Deus realmente queria do seu povo. Não reis e mestres exaltados, mas servos humildes. Sacerdotes ministrando diante da sua presença.

Mas, apesar de tudo que Deus tem feito no meio do seu povo até hoje, ainda não encontramos este espírito de maneira geral na igreja. Deus tem derramado seu Espírito em grande poder, bênção, e restauração de dons. Mas o que fazemos com isto? Usamos o Espírito como instrumento carnal. Procuramos nos exaltar, ser mais espirituais que os demais, exercer influência sobre os outros — enfim, ser reis carnais.

Deus tem aberto a sua palavra, e revelado muitas verdades sobre a restauração da sua igreja, e sobre a realização do seu plano maravilhoso reservado para os nossos dias. Mas tão logo que se fala em restauração da igreja, todos começam a falar de apóstolos e profetas. Inevitavelmente é o assunto que mais nos desperta e estimula. Por que isto? Porque nossa natureza carnal percebe mais uma chance de reinar, de dominar, de poder ser maior que os outros. Temos já muitos “apóstolos” no mundo espiritual. Será por que a igreja ainda continua assim como está? Por que o reino de Deus não é formado? Por que a presença de Deus não está em nosso meio?

Estamos buscando um alvo errado. Deus não está tão interessado em títulos e ambições próprias. Aliás, é o que mais impede a sua igreja de ser aperfeiçoada. Ele está à procura de outro espírito. Ele busca os sacerdotes. Onde estão aqueles cuja ambição maior é entrar no interior do seu santuário, para conhecê-lo melhor, e para ministrar a ele? Onde estão aqueles cuja vida inteira é uma posição de comunhão com Deus, e de compartilhar os seus pensamentos, seus planos e seu peso?

O ministério de rei e sacerdote não virá depois dos outros ministérios de edificação do corpo de Cristo. Pelo contrário. Os ministérios de Efésios 4.11 somente entrarão em pleno funcionamento depois que os reis e sacerdotes tomarem suas posições no santo dos santos. Como a mulher de Ap 12.1,2 gemia com dores de parto para dar à luz, o povo do Senhor hoje, como reino de sacerdotes, precisa entrar no santo dos santos para sofrer dores de parto. O ministério de sacerdote inclui estas dores intensas na presença de Deus.

Moisés passou por isto, vez após vez, na presença de Deus, a favor do povo de Israel. Josué introduziu Israel na terra prometida, mas não fossem as dores de parto sofridas por Moisés durante quarenta anos no deserto, eles nunca teriam chegado até lá. Jesus passou noites em agonia, orando diante de Deus. No fim ele pôde dizer que guardou aqueles que Deus lhe deu (Jo 17.11,12). Paulo também carregava dor intensa e constante diante de Deus, por todas as igrejas do Senhor (2 Co 11.28; Gl 4.19).

O ministério do rei e sacerdote no santo dos santos será assim também. Não somente será responsável pelo levantamento dos verdadeiros apóstolos e profetas do Senhor, como será a fonte constante da vida e unção para seus ministérios.

Sejamos bem claros. Nunca veremos os verdadeiros ministérios em operação, para edificação e amadurecimento do corpo de Cristo, enquanto não houver reis e sacerdotes ministrando diante do Senhor no santo dos santos. É lá que encontramos a sua presença e a sua palavra. É de lá que ele enviará a sua palavra para levantamento dos demais ministérios e a edificação do seu corpo.

Nem todos podem ser apóstolos. Nem todos podem ser profetas (1 Co 12.29,30). As mulheres nem são chamadas a estes ministérios. Existem muitas restrições em relação aos ministérios do santuário.

Mas quando você atravessar o segundo véu, tudo isto desaparece. No santo dos santos, no nível do espírito, não existe sexo, nem restrição. Todo crente é chamado para ser rei e sacerdote. Todo crente tem direito de reinar como rei, e ministrar como sacerdote. De maneira que, se você não puder ser um apóstolo, contente-se em ser um rei!

Não é mais tempo de lançar, vez após vez, os mesmos alicerces (Hb 6.1 -3). Não continuemos na nossa vida cristã, sempre da mesma maneira. Prossigamos para a perfeição. Para onde vai nos levar o caminho da santidade, perfeição e maturidade? Para o santo dos santos. É lá que encontraremos nosso lugar. Somos chamados ao ministério de sacerdote! É necessário que isto se cumpra em nossas vidas!

Você está percebendo o chamamento de Deus? Você pode sentir o quanto o coração de Deus está pesado? Os dias passam, o fim se aproxima—e seu povo continua indiferente àquilo que está mais próximo ao seu coração. Oh, que nós pudéssemos perceber o que Deus realmente espera de nós! Que nós deixássemos de correr atrás de dons e ministérios a fim de adquirir o poder e autoridade de um rei! Que nós sentíssemos a atração do chamamento verdadeiro de Deus, de sermos sacerdotes para sempre na sua presença!

Esse artigo foi extraído do livreto “Procuram-se Sacerdotes”.
Para adquirir, ligue: (19) 3462-9893

2 respostas para “Procuram-se Sacerdotes”

  1. lucas vergara disse:

    ola, gostaria de obter o livro procuram-se sacerdotes…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *