Noticiário: O Cristão e o Mundo

Data de publicação: 12/12/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 04 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 04

Perseguição no Irã

Convertidos no Irã são perseguidos. Aproximadamente 20 convertidos ao Cristianismo têm desaparecido de Mashad, Rasht e Tehran durante o ano de 1998, de acordo com a Voz dos Mártires. Soldados da Guarda Revolucionária invadiram uma igreja das Assembléias de Deus no início de 1998, exigiram que os membros apresentassem documentos de identidade, e ameaçaram matar alguns deles. Uma mulher que estava assistindo programas de rádio evangélicas em sua casa foi morta… Muitos muçulmanos querem ouvir o evangelho. Um pastor disse que um guarda acordou-o em sua cela de prisão e queria saber sobre Jesus e tornou-se cristão.

Testemunha eficaz

Um evangelista em Myanmar levou quase 100 pessoas a Cristo. O jovem, que tornara-se cristão, voltou para sua aldeia para testemunhar para sua família e amigos. Mais de 70 pessoas aceitaram a mensagem e 33 foram batizadas naquele dia. Mais tarde, ele foi preso e acusado de causar distúrbios. Na cadeia ele convenceu mais 20 pessoas a se tornarem cristãos, e a polícia libertou-o sem explicações.

Imigração para Israel

Judeus russos estão imigrando em massa para Israel. O número de imigrantes aumentou 100% por causa do crescimento de atitudes anti-semíticas entre a população e membros do governo na Rússia. O número de pessoas que deixaram a Rússia rumo a Israel em janeiro e fevereiro deste ano foi 3.347 – o dobro do número para os mesmos meses de 1998.

A obra não pode parar!

Luteranos liberianos começaram 140 igrejas e “pontos de pregação” depois que os missionários fugiram do país em 1991. O Sínodo da Igreja Luterana em Missouri (EUA) foi obrigado a cessar seu trabalho na Libéria, por causa da guerra civil naquele país. Quando os missioná rios voltaram em 1998, descobriram que os evangelistas liberianos tinham começado novas igrejas fora das regiões onde os cristãos podiam normalmente ouvir a mensagem bíblica, incluindo campos de refugiados na divisa entre Libéria e Costa do Marfim. “É o livro de Atos num contexto africano ocidental no século XX”, disse um membro do comitê   de   missões   do Sínodo. Missionários agora vão enfatizar discipulado e treinamento de novos cristãos ao invés de continuar o trabalho que estavam fazendo quando saíram.

Sonhando com Cristo

Um iraniano tornou-se cristão por causa de um sonho. Ele disse a um obreiro cristão que se viu num sonho em pé no telhado de sua casa, banhando numa luz brilhante. “A luz então descia para iluminar uma correnteza, que parecia ser composta de luz. Tenho consultado livros e visitado intérpretes de sonhos, mas não encontrei resposta”, ele disse. Seu amigo falou com ele que Jesus é a luz do mundo, que a luz era Jesus chamando-o para ser salvo, e que a correnteza indicava que ele deveria ser batizado. O homem acreditou na interpretação, orou a Jesus, e pediu para ser batizado. De acordo com Campus Crusade for Christ, muitos mulçumanos que nunca ouviram o evangelho estão se convertendo através de sonhos.

Perigo! Milenistas!

As forças de segurança de Israel formaram uma “Unidade do Milênio”. Composta de policiais e agentes de inteligência de Israel, esta unidade monitorará aqueles que crêem que o novo milênio será o fim do mundo. Recentemente ela prendeu 14 homens, mulheres e crianças de uma seita de Denver (EUA) suspeitos de tentar   forçar a segunda vinda de Cristo através de incitar violência em Jerusalém. Espera-se a visita de centenas de milhares de pessoas à Terra Santa em 2000. A maioria dos turistas será de peregrinos religiosos e pacíficos, mas outros podem ter fantasias tenebrosas de teste-munhar o Apocalipse, diz a polícia. “Não existe nada mais poderoso do que crer que você está vivendo no fim do tempo”, disse Richard Landes do Centro Para Estudos do Milênio da Universidade de Boston. De acordo com reportagens, pelo menos 100 crentes religiosos estão morando no Monte Oliveiras,   esperando   observar pessoalmente a volta de Jesus de acordo com as profecias

Uma denominação diferente

Uma nova denominação promete se extinguir dentro de vinte anos. Track On, uma associação de aproximadamente 100 igrejas cristãs nos EUA, concordou com uma “cláusula de morte”, esperando que terá alcançado seu propósito em duas décadas, de acordo com seus líderes.

“…O ritmo das mudanças culturais no próximo século acelerará muito, e as perspectivas de continuar sendo relevante daqui a 25 ou 30 anos são nulas”, disse Doug Murren. Murren, ex-pastor da Igreja Quadrangularde Eastside em Kirkland, Washington, EUA, fundou Track One, que é dirigida a quem está na geração da meia-idade para baixo. Suas congregações são teologicamente ortodoxas mas dispensam os apetrechos do Cristianismo tradicional, dirigindo cultos em bares alugados, escolas ou porões de igrejas. As congregações são pequenas e as pessoas interrompem os sermões quando têm perguntas.

“…Os pastores se profissionalizaram muito e dinheiro demais é gasto na administração de igrejas e não há suficientes recursos para ajudar os pobres”, disse Murren. Ele dirige congregações em quatro cidades, chegando a tempo de fazer a pregação e sair para a próxima igreja. Ele não recebe salário, e ganha seu sustento através de serviços de consultoria e palestras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *