Leitura de Impacto: O Ministério da Palavra de Deus

Data de publicação: 28/08/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 43 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 43

Por Ezequiel Netto

livro: O Ministério da Palavra de Deus
Watchman Nee
Editora dos Clássicos

A questão de servir o povo de Deus com a sua Palavra é conhecida como o ministério da Palavra; a pessoa que serve dessa forma é chamada de ministro. Watchman Nee é universalmente reconhecido como um dos ministros mais influentes da palavra de Deus no século 20 e, conseqüentemente, está entre os mais qualificados na história da Igreja para discorrer sobre os principais temas, tais como o ministério da Palavra de Deus. Este livro é, sem dúvida, uma das obras-primas do autor, senão a maior.  Christian Chen, autor e um dos mais reconhecidos mestres da Palavra de Deus da atualidade.

“Se todas as mensagens e pregações que ouvimos hoje fossem realmente ministério da Palavra, a Igreja seria riquíssima! Infelizmente, porém, há muita pregação e pouco ministério da Palavra. (…) Deus não deseja falar sozinho, mas apesar disso os homens não estão em condições de serem usados – este é o âmago do problema (…). Toda a esterilidade, pobreza e corrupção que encontramos nas igrejas se devem ao elemento humano inadequado na Palavra de Deus. Que Deus possa encontrar aqueles que são quebrantados e humilhados para que sua Palavra flua por meio deles. Nós estamos sempre tentando encontrar a Palavra de Deus, mas Deus está continuamente buscando aqueles que ele possa usar. Nós buscamos a Palavra de Deus, mas Deus busca seus ministros.”

A Bíblia é composta por duas partes: uma parte física, semelhante ao barro usado por Deus para criar o ser humano, e uma outra parte, relacionada ao sopro do Onipotente, que é responsável pela vida espiritual (Jo 6.63) por trás dessa casca exterior. Uma pessoa só poderá ter acesso à essência viva da Palavra a partir de uma revelação de Deus; já para ser ministro eficaz da Palavra vivificante, é necessário ser trabalhado por Deus no homem interior.

Na época de Jesus, havia muitos escribas e fariseus bem versados nos escritos do Antigo Testamento, mas nenhum deles foi escolhido como ministro da Palavra. Muitos de nós temos ministrado apenas a parte física, o que está escrito ou o que foi aprendido nos seminários, sem jamais ter acesso ao que está oculto por trás dessas letras. Podemos ler a Bíblia por vários anos sem jamais ouvir Deus falar uma única palavra. No caminho de Emaús, os dois discípulos andaram com Jesus por um bom tempo sem reconhecê-lo. Ao caminhar para a casa de Jairo, Jesus seguia com a multidão que o empurrava e o acotovelava, mas somente uma mulher conseguiu tocá-lo corretamente.

Hoje, o ministério da Palavra segue o princípio da ressurreição, trazendo nova vida ao que foi falado no passado. Assim como Deus fez um galho seco, trazido por Arão, florescer e dar fruto, cabe ao ministro da Palavra buscar e comunicar vida através do que foi ministrado por Deus no passado.

Veja a seguir alguns depoimentos de alunos do Curso de Preparação Profética em Monte Mor, SP, que estudaram este livro em profundidade como uma das matérias curriculares neste último semestre:

• O Ministério da Palavra foi escrito para pessoas interessadas em aliviar a carga, ou peso, que está no coração de Deus. Um ministro da Palavra não é uma pessoa eloqüente ou que tenha um brilhante discurso. Não é um contador de histórias bíblicas que extrai lições espirituais para nosso dia-a-dia. Pelo contrário, é uma pessoa que capta a luz de Deus e a transforma em pensamentos, que se transformam, por sua vez, em palavras de vida. Para Deus usar o pensamento e as emoções do ministro, é preciso primeiro que este seja tratado e disciplinado. E isso só vem através do quebrantamento do homem exterior.
Amilton Fernandes

• A diferença entre uma palavra viva, ministrada com poder, que muda vidas, e uma palavra vazia, que nada transmite além de doutrina e conceitos, é que a primeira foi encarnada no ministro que a transmitiu.
Susana Walker

• Sobre aquilo que para nós tantas vezes não passa de conhecimento a ser transmitido para outros, Deus diz: “Minha Palavra é uma pessoa”. Se a Palavra de Deus é uma vida, uma pessoa, ela só pode ser realmente ministrada se for encarnada em pessoas. Deus busca hoje esses indivíduos que se disponham a encarnar a Palavra de Deus para que Cristo possa ser compartilhado com os famintos. Dons e atividades não são suficientes, é necessário dispor sua própria vida para ser um verdadeiro ministro da Palavra.
Aimê Lima

• A Palavra de Deus é vida e precisa de ministros feridos por ela para torná-la realidade. O ministério da Palavra é gerado através do esmagar de Deus. Existe um peso no coração de Deus que precisa ser descarregado na ministração da Palavra. Ministrar a Palavra é ser a voz de Deus na terra em forma humana.
Hugo Calixto

3 respostas para “Leitura de Impacto: O Ministério da Palavra de Deus”

  1. Ana Lúcia Louback disse:

    O pouquíssimo registro a respeito desse livro já despertou o desejo de adquiri-lo. Já li muito esse escritor e o admiro por sua lealdade à Doutrina de Deus.

  2. A breve leitura a respeito do livro impacto, despertou em mim o desejo de adquirir. Como fazer?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *