Geração Diferente

10/09/2011 Publicado por: Impacto

Este artigo pertence a:
Edição 40

Geração perigosa, acorde para o seu destino!

Por Mônica Dollo

Temos vivido em tempos muito diferentes. Ao conversar com pessoas mais velhas sobre os fatos que hoje acontecem, a frase ouvida mais freqüentemente como resposta é: “Os tempos mudaram, na minha época eu nem pensava nisso…” E chegamos à conclusão que realmente os tempos mudaram.

Hoje a nova geração se preocupa única e exclusivamente em se divertir. Quanto mais diversão melhor. “Aproveitar” a vida ao máximo, já que o fim dela é o mesmo para todos.

Conversando com os jovens de hoje, podemos ver uma definição diferente da palavra diversão, como se as palavras bebida, balada e beijos fossem um pacote que daria sentido à expressão “curtir a vida!”. Eis uma geração para quem os fatos mais engraçados ocorrem quando alguém da turma está bêbado e cai; para quem a conversa mais interessante é contar com quantas pessoas ficou na noite. Nasce uma juventude sem propósitos para o futuro, buscando sua auto-realização momentânea, ser feliz ao menos enquanto o efeito da droga durar. E a pergunta que fica na mente daqueles que dizem que “os tempos mudaram” é: “Para onde esse mundo vai?”.

A resposta ainda não é ouvida, mas em meio a essa juventude egoísta e sem propósitos, nasce uma nova geração, geração com princípios diferentes daqueles que a mídia impõe, princípios de amor e desinteresse, cujo conceito básico é ser luz. “Pois em ti está a fonte da vida; graças à tua luz, vemos a luz” (Sl 36.9). Uma geração que escolhe “curtir” a vida da melhor forma, nos caminhos de Deus, fazendo a diferença.

Em um mundo onde todos parecem buscar experiências descartáveis, nasce a geração que busca ser sal da terra, que busca fazer superabundar a graça onde abundou o pecado, geração que muda o dia com o brilho no olhar, e com um simples sorriso demonstra o amor de Cristo.

Jovens que mesmo sendo tachados de “caretas” carregam consigo a certeza de que vivem plenamente, e que suas vidas podem formar histórias lindas que, ao serem contadas, mudarão a vida daqueles à sua volta. Geração diferente que não precisa de drogas para fugir dos problemas, mas que encontra refúgio e descanso no colo do seu Deus. “Vinde a mim todos vós que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mt 11.28).

Em meio à geração de princípios podres, egocêntricos, que se conforma ao ouvir sobre o amor do casamento que acabou, sobre a família que se desestruturou, geração mal-acostumada com
fast-food, tecnologia de ponta, tudo mais rápido e mais fácil – nasce a geração de eleitos que se firmam na Rocha, cientes de que são necessários para que esse mundo ainda exista, para que Deus ainda ache graça na sua própria criação. Geração sem nenhum medo, mas cheia de temor e sabedoria. Uma geração de conquistas agressivas e estratégias ousadas, que sabe humilhar-se, receber a unção e não deixá-la vazar.

Jovens que recebem com prazer o dever de propagar a palavra de Cristo através de seus testemunhos, sorrisos e atitudes, que sabem que aquilo que Deus tem é o melhor! Eles fazem do amor de Cristo sua bandeira; da intimidade com Deus, seu fôlego; do poder do Espírito Santo, sua arma; da santidade, sua lei; da alegria, sua força; da compaixão, sua motivação.

Jovens que, andando sozinhos por aí, são como velas usadas para iluminar seus próprios caminhos e os caminhos daqueles que estão à sua volta, e, quando se unem, formam uma grande fogueira que incendeia e contagia. A submissão é sua autoridade, e seu grito de guerra ecoa nos céus deste planeta: JESUS É O REI DE TODA A TERRA!

O verdadeiro estilo de vida da geração diferente é explicado apenas com uma palavra: CERTEZA!

CERTEZA de que somos escolhidos e designados para dar frutos (Jo 15.16), CERTEZA de que somos salvos (1 Co 6.19,20), CERTEZA de que estamos no mundo para servir e ser luz (Mt 5.13,14), CERTEZA de que vivemos o melhor de Deus, CERTEZA de que nascemos para impactar, CERTEZA de que a boa obra que Deus começou em nós será completada (Fp 1.6).

Formamos a geração diferente com o propósito de impactar o mundo e abalar as estruturas da terra. O viver para nós é Cristo e o morrer é lucro! (1 Jo 2.4). Fazer parte dessa geração, hoje em dia, é um desafio, pois mais fácil é ser como todos; difícil é andar na contramão da vida, ser especial, trazer brilho, verdade e esperança onde somente há pó.

Quando Deus disse: “Jovens, escolhi-vos porque sois fortes”, já sabia que haveria uma nova geração, geração diferente e forte, disposta a abrir mão de seu ego pela causa de Cristo. Essa geração cresce a cada dia clamando por avivamento, fazendo com que muitos deixem de ser acomodados em suas vidas e sintam vontade de fazer a diferença.

E você, de que geração faz parte?!

Mônica Dollo, 19 anos, é vocal do grupo Canto do Céu, assistente de comércio exterior e professora de inglês e responsável pelos juniores da Igreja do Nazareno em Três Lagoas-MS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *