Editorial 24

Data de publicação: 14/11/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 24 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 24

Por: Conselho Editorial

Estamos nos aproximando de outro período eleitoral no Brasil. Temos de escolher alguém para ocupar o cargo mais importante do país e do estado, além de representantes para o Congresso Nacional e Assembléias Legislativas.

Nas últimas duas décadas, os cristãos evangélicos neste país vêm enfrentando situações cada vez mais opostas àquela que existia anteriormente: mais candidatos cristãos, e mais força numérica para influenciar o resultado das eleições. Desta vez, inclusive, temos um candidato evangélico para presidente.

Como fica nossa responsabilidade cristã como indivíduos e como igrejas diante deste quadro? Que tipo de envolvimento, que tipo de escolha, que tipo de testemunho?

Os leitores mais antigos da Revista Impacto já devem estar preparados para saber que não tentaremos dar respostas dogmáticas ou simplistas a estas perguntas. Nosso papel é estimular cada discípulo de Jesus a considerar seriamente destas questões, a assumir sua  responsabilidade de tomar decisões conscientes diante de Deus, e a adquirir uma visão mais ampla do propósito de Deus na terra.

Outro aspecto importante que o leitor deve lembrar a respeito de qualquer uma das questões levantadas nesta Revista é que não estamos propondo respostas definitivas e finais, como se alguém fosse dono da verdade. Estamos oferecendo análises e discussões destes temas como forma de despertar mais interesse e mais intercâmbio, a fim de que todos possamos ouvir mais claramente a voz e a vontade do nosso Senhor.

O assunto da política é especialmente apropriado neste momento por causa da proximidade das eleições; porém, a importância deste tema do envolvimento e responsabilidade do cristão em relação ao mundo em que vive é permanente.

Que estejamos orando por nosso país durante estes próximos dias tão importantes para os rumos que serão tomados, e que o povo de Deus saiba com cada vez mais clareza qual o seu papel e a sua missão nesta época tão crucial em que estamos vivendo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *