Editorial 1

Data de publicação: 17/12/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 01 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 01

Por: Conselho Editorial

Este é o primeiro número de uma revista que nasce com um propósito definido: Edificar o povo de Deus em todo o Brasil, independente da sua denominação, posição ministerial, classe social ou nível de escolaridade, com uma palavra sólida e consistente. Não é nossa intenção concorrer com nenhuma das boas revistas evangélicas já existentes no mercado, mas sim suprir uma necessidade específica que percebemos no meio do povo de Deus no Brasil. Enquanto outros enfatizam mais a posição do cristão em relação à política ou à sociedade, ou uma palavra de edificação mais simples e genérica, ou ainda assuntos polêmicos e controversos, nosso alvo é apresentar apenas matérias que causem “impacto”, não no sentido sensacional, mas nas mais profundas raízes das convicções pessoais e espirituais dos leitores.

Gostaríamos que cada artigo, cada notícia e cada sessão fizesse com que o leitor parasse para pensar, que não conseguisse esquecer e que voltasse a ler novamente para comentar com outros. Em outras palavras, não queremos apenas “bons conselhos”, “boas palavras”, mas coisas que realmente mexam com as pessoas.

Por causa desses propósitos, pretendemos enfatizar o conteúdo e não ceder muito espaço para publicidade e é nesse ponto que você, nosso leitor, pode colaborar conosco.

A revista IMPACTO é fruto de uma parceria entre o Ministério Lead (sigla que significa Louvor, Evangelismo e Adoração) da Igreja do Nazareno de Americana e Worship Produções – Fundamentos Comercial e Editora Ltda. Pretendemos manter a revista principalmente por meio de assinaturas,- portanto se você gostou do projeto, ajude-nos divulgando-o e incentivando seus parentes, amigos, conhecidos e irmãos na fé a assinarem.

Apesar de termos o alvo acima, conhecemos nossas limitações e dependemos em primeiro lugar de Deus, e também do apoio, críticas e contribuições dos nossos leitores para atingi-lo plenamente. Ajude-nos! Junte-se a nós!

Os comentários estão desativados.