Devocional: Íntimo e Pessoal

Data de publicação: 20/10/2011
Categorias da Biblioteca:
Edição 29 e Revista Impacto - 1998 a 2014.
Este artigo pertence a: Edição 29

Por: Joyce Meyer

Pergunte a qualquer cristão se passar tempo de qualidade, regularmente, com Deus representa um desafio e, quase invariavelmente, ele ou ela responderá que sim. Conseguimos separar tempo para uma porção de outras coisas – entretenimento, trabalho, escola, eventos da igreja – mas é difícil passar tempo diariamente em comunhão com Deus, através de oração, leitura da Palavra e adoração.

Eu, também, experimentei esta dificuldade até que Deus me ensinou uma lição valiosa sobre gerenciamento de crises. Anteriormente, eu passava tempo com Deus esporadicamente, ou quando minha vida estava em grandes apuros. Porém, um dia, o Senhor me disse que deveria buscá-lo continuamente, ou seja, diligentemente. Aos poucos, aprendi que se eu quisesse deixar de viver de uma emergência em outra, teria de buscar a Deus todos os dias, como se estivesse precisando desesperadamente dele – mesmo durante períodos de tremenda prosperidade e bênção.

É verdade: Deus sempre nos socorrerá e nos tirará dos apuros quando recorrermos a ele. Mas se quisermos vitória constante, precisamos tirar Deus da nossa caixinha de “emergências somente” e convidá-lo para nossas vidas cotidianas.

Deus deseja se relacionar conosco de forma pessoal. A prova disso é que ele mora dentro de nós.

Quando Jesus morreu na cruz, ele abriu o caminho para que pudéssemos ser íntimos com o Deus todo-poderoso. Se Deus quisesse apenas uma relação distante, profissional ou formal, ele teria ficado longe de nós. Poderia vir visitar-nos ocasionalmente, mas certamente não escolheria morar permanentemente em nossas casas.

Que pensamento espantoso! Pense nisso: Deus é nosso amigo pessoal!

Satanás despreza nossa comunhão com Deus. Ele sabe como nos tornamos fortes quando temos comunhão regular com o Senhor, e luta com todos seus recursos para destruir nosso relacionamento com ele. Uma de suas armas mais astutas é a distração. Ele sabe que, se nossa atenção e energia forem desviadas pelos cuidados deste mundo, é mais do que provável que começaremos a negligenciar nosso tempo com Deus.

De acordo com Tiago 4.4, quando damos atenção demais às coisas do mundo, Deus nos considera como uma esposa infiel, que está envolvida em um caso ilícito e quebrando seus votos de casamento. Por isso, a fim de ajudar-nos a permanecer fiéis e em comunhão íntima com ele, às vezes Deus remove certas coisas das nossas vidas que nos separam dele.

Se permitirmos que um emprego venha entre nós e Deus, podemos vir a perdê-lo. Se o dinheiro nos separa dele, podemos ser obrigados a aprender que é melhor ficar pobres do que longe de Deus. Se nossos amigos tomam o primeiro lugar em nossas vidas, podemos de repente ficar muito solitários.

Pessoas solitárias geralmente ficam muito próximas a Deus. É impressionante como passamos a conhecer bem uma pessoa, quando é a única que temos!

Um tempo atrás, passei por um período de extrema solidão na minha vida. Tinha minha família, mas perdi todos meus amigos.

Parecia-me que Deus estava me separando propositalmente de todos aqueles de quem gostava e com quem tinha prazer de estar. Eu não estava entendendo nada. Mais tarde, reconheci que estava dependendo demais daqueles amigos. Era muito influenciada pelo que pensavam e faziam. Deus queria que eu fosse dirigida por seu Espírito, não por meus amigos.

Muitas pessoas não reconhecem que nunca recebem o que querem, porque realmente não colocam Deus em primeiro lugar em suas vidas, como nos é ordenado em Mateus 6.33: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”.

Fique próximo a Deus e íntimo com ele. Lembre-se: Você não precisa ir longe para achá-lo. Só feche seus olhos por um instante e, no silêncio do seu coração, você o descobrirá. Seu Espírito Santo está sempre lá, esperando-o.

Não o deixe sem atenção da sua parte. Faça-o sentir prazer por estar habitando no seu interior. Faça-o sentir bem-vindo e confortável. Divida tudo com ele, porque ele veio dividir tudo com você!

Joyce Meyer é reconhecida internacionalmente no seu ministério e é autora de mais de cinqüenta livros. É fundadora de Life in the Word, Inc., um ministério de publicações, mensagens escritas e programas de radio e televisão. Mais informações no seu site: www.joycemeyer.org.
Este artigo foi publicado originalmente na Revista Charisma, de maio, 2003
(www.charismamag.com). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *