As Duas Profecias de Jonas

Publicado em: 27/12/2016 Categorias: 2016 / Revive Israel

Asher Intrater

Jonas entregou duas grandes profecias. A primeira está registrada em 2 Reis 14.25 – da expansão das fronteiras de Israel. Foi uma mensagem de vitória e poder. Ele parecia muito motivado para esse tipo de profecia.

A segunda foi registrada no Livro de Jonas para trazer arrependimento e avivamento para a nação da Assíria – uma nação gentia, geralmente vista como inimiga de Israel. Jonas não queria levar essa mensagem de jeito nenhum. Era contraintuitiva e contrária à sua motivação e orientação. Ele disse “Não” ao Senhor.

Ele teve que superar sua própria resistência à mensagem. Quando fez isso (com a ajuda de um grande peixe), a mensagem trouxe avivamento à toda aquela nação. A mensagem sobre arrependimento foi baseada no seu testemunho pessoal de uma experiência miraculosa de “morte e ressurreição”. Aquela foi uma espécie de mensagem pré-evangelho. Ele cumpriu uma imagem de Yeshua (Mateus 12.40).

Uma nação inteira passou a crer em Deus. Esse foi um estágio inicial da futura Igreja gentia internacional. Foi um antecessor da pregação de Paulo aos gentios e do estabelecimento de igrejas ao redor do mundo.

Além disso, a reforma moral na nação da Assíria mudou toda a sociedade. Eles se tornaram a nação mais poderosa da terra e dominaram a história do Oriente Médio durante todo o oitavo século a.C. Eles se tornaram uma grande potência em forma de “reino” na terra.

Arrependimento, avivamento, testemunho da futura morte e ressurreição de Yeshua, a igreja gentia, autoridade do reino, mudança na história… tudo isso como resultado de uma mensagem! As duas mensagens proféticas de Jonas eram paralelas, mas a mensagem assíria teve mais efeito que a israelense. A mensagem que exigiu morte ao orgulho e ao ego produziu mais que uma de vitória e poder.

As pessoas costumam ficar mais motivadas com o tipo de mensagem que se encaixa em nossa ideia de vitória, mas com frequência é a mensagem que exige a negação de si mesmo e da ambição própria que gera mais resultados para o reino de Deus. Até mesmo Yeshua teve que orar: “Não seja feita a minha vontade, mas a sua…” no Getsêmani antes da crucificação. No fim, essa obediência de autonegação produziu muito mais fruto do que seus avivamentos de cura antes da cruz.

Também podemos ver nesses dois tipos de profecia os dois caminhos paralelos de Israel e da Igreja. Os discípulos de Yeshua queriam “restaurar o reino a Israel” (Atos 1.6) no primeiro século. No entanto, Yeshua os enviou aos gentios “até os confins da terra” (Atos 1.8). Talvez, eles não quisessem “dar” o reino aos gentios, da mesma forma que Jonas não queria.

Graças a Deus, hoje, temos a oportunidade de fazer ambos. Nós estamos cooperando com a restauração dupla de Israel e da Igreja (Romanos 11). Os dois estão chegando à sua plenitude à medida que nos aproximamos da vinda do reino do Messias para a terra.

O Maior Feriado Judaico

O maior feriado judaico e o momento mais importante na história deveria ser o nascimento do Messias, pois ele dá propósito e significado à história não apenas do povo judeu, mas de todos os povos.

ASSISTA!

A Ligação entre o Chanukah e o Natal

Neste vídeo, Asher nos leva séculos atrás na história para entender a ligação entre o Chanukah e o Natal.

ASSISTA!

Tomando a Manhã de Volta

Basem Aldernaly

O chamado islâmico para orar ressoa das mesquitas em todo o Israel várias vezes ao dia e há pouco, ou nada, que o governo israelense possa fazer para mudar isso. Mas como o Corpo do Messias, temos autoridade no nome de Yeshua para espiritualmente tomar de volta o controle do dia desde o seu início: o nascer do sol.

“Acaso, desde que começaram os teus dias,
deste ordem à madrugada ou fizeste a alva saber o seu lugar
para que se apegasse às orlas da terra,
e desta fossem os perversos sacudidos?” – Jó 38.12-13

“Disse o SENHOR ao meu senhor:
Assenta-te à minha direita,
até que eu ponha os teus inimigos debaixo dos teus pés.
O SENHOR enviará de Sião o cetro do seu poder, dizendo:
Domina entre os teus inimigos
Apresentar-se-á voluntariamente o teu povo, no dia do teu poder;
com santos ornamentos,
como o orvalho emergindo da aurora, serão os teus jovens.” – Salmo 110.1-3

Um dos chamados islâmicos para oração acontece de madrugada. Creio que Deus está nos chamando neste tempo para fisicamente nos levantarmos das nossas camas ANTES do alvorecer para adorá-lo, para orar, e ao fazer isso, tomar de volta a manhã do domínio do diabo que está diariamente enchendo o ar com suas proclamações rebeldes. Então, por favor, junte-se a nós em seguir o exemplo de Yeshua, que também se levantava antes do amanhecer para orar (Marcos 1.35), e vamos retomar as manhãs para Deus!

Ahavat Yeshua – Levantando Líderes Jovens

Eddie Santoro

Por algum tempo agora, tem sido nosso objetivo passar a liderança da congregação Ahavat Yeshua para a geração mais jovem. Esse objetivo avançou recentemente quando colocamos Jonathan Moore como nosso primeiro presbítero “jovem”. Ele foi ordenado como diácono vários anos atrás e rapidamente assumiu várias responsabilidades e posições de liderança. Também sua esposa, Simcha, que era a secretária da congregação por vários anos, tornou-se agora a diretora das atividades das mulheres.

No mesmo dia, também colocamos Jeremiah como diácono. Ele tem atuado como líder de uma das nossas equipes de louvor por vários anos e tem abençoado a congregação com seu dom de administração. Da mesma forma, sua esposa Rachel ministra com ele na equipe de louvor e também tem trabalhado como a responsável pelo programa infantil pelos últimos dois anos.

Alguns meses atrás, ordenamos três outros diáconos e agora temos um total de sete. Estamos cercados por uma equipe JOVEM fiel e empenhada que está nos ajudando enquanto trabalhamos para fazer o Messias Yeshua conhecido em Jerusalém.

Por favor, ore por Jonathan e Simcha, e Jeremiah e Rachel que estão começando esse novo capítulo em suas vidas junto com outros líderes jovens emergentes de Ahavat Yeshua.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *