A Verdadeira Razão para o Antissemitismo

Publicado em: 15/02/2016 Categorias: 2016 / Revive Israel

Paul Wilbur

No próximo mês (nos dias 23 e 24 de março) será a celebração de Purim. A maioria das pessoas não nota que o livro de Ester acontece ao mesmo tempo que os livros proféticos de Zacarias e Ageu. Qual é a importância dessa coincidência?

Nos livros de Zacarias e Ageu, encontramos um pequeno remanescente judaico que havia retornado a Jerusalém para reconstruir o altar, o Templo e a cidade. No livro de Ester, vemos uma onda mundial de antissemitismo vindo da Pérsia (antigo Irã). Há uma ligação entre as duas coisas.

A restauração de Jerusalém representa o avanço do Reino de Deus. A onda de antissemitismo é um movimento maligno que representa um ataque espiritual contra essa restauração do reino. A restauração de um remanescente fiel em Jerusalém incita o ódio contra o povo judeu. A destruição do remanescente do reino em Jerusalém é o objetivo do antissemitismo e do genocídio internacional.

Vemos um padrão semelhante hoje, que tem uma importância profética semelhante. A nação de Israel foi restaurada, até mesmo com Jerusalém como sua capital. O remanescente messiânico da fé dentro de Israel está sendo restaurado ao mesmo tempo. Há um movimento mundial de propaganda e terror cujo objetivo central é desacreditar as reivindicações judaicas de Jerusalém e destruir Israel.

Tanto no tempo de Zacarias como hoje, a lógica desta guerra espiritual tem a ver com a intenção de impedir a volta do Messias. A primeira restauração de Israel levou à primeira vinda de Yeshua. A segunda restauração está preparando o caminho para a segunda vinda dele.

Yeshua indicou em Mateus 23.39 que o seu retorno acontecerá em resposta à nação de Israel — especialmente ao clamor de Jerusalém pela sua volta dizendo “Bendito é aquele que vem em nome de YHVH.” A nação de Israel já está em sua terra, um remanescente judaico messiânico em Israel e em Jerusalém está crescendo aos poucos. O diabo sabe que tem pouco tempo e, por isso, está histérico, em pânico e bravo (Apocalipse 12.12). Portanto, esse ódio, as mentiras e os assassinatos demoníacos estão sendo liberados contra o plano de Deus. Essa é a causa espiritual secreta de boa parte dessa maldade que está acontecendo na política mundial hoje.

—————————————————————————–

Nossa Parte na Profecia

Elhanan ben-Avraham

Um dos aspectos da profecia é a advertência divina quanto às consequências do comportamento mundano e ilícito: o juízo que virá se esse comportamento não mudar. Dentro disso, Deus envia profetas para nos alertar, porque o desejo do seu coração é que nos arrependamos e mudemos nossas atitudes para que não sejamos julgados severamente. Sua misericórdia supera o seu juízo. (Tiago 2.13)

Não tenho prazer na morte do perverso, mas em que o perverso se converta do seu caminho e viva” (Ezequiel 33.11; 18.23; 18.32). E para complementar essa revelação, Yeshua disse: “Não temais, ó pequenino rebanho; porque vosso Pai se agradou em dar-vos o seu reino” (Lucas 12.32). Deus se agrada em compartilhar a bondade do seu reino com seus filhos obedientes, e não tem prazer em punir os ímpios e desobedientes.

Na Bíblia, vemos ocasiões em que Deus de fato muda de ideia como resultado da nossa intercessão ou arrependimento sincero. Um exemplo clássico é o envio de Jonas a Nínive para anunciar a destruição daquela grande cidade em questão de três dias. Porém o arrependimento aberto do rei e do povo de Nínive mudou totalmente o curso dos eventos (inclusive para a decepção do profeta).

Também vemos o caso em que o Senhor declarou a Moisés que ele certamente iria apagar Israel do mapa devido às suas transgressões, mas a intercessão de Moisés pelo povo de Israel acalmou a ira e mudou a decisão de Deus e a história do mundo (Êxodo 32.10-14,32). Isso significa que parte do desdobramento da profecia está em nossas mãos. O juízo de Deus não é um trem fixo sobre trilhos de ferro; seu coração ouve nossas orações e intercessões, e deseja que todos mudem e sejam salvos (1 Tm 2.4).

—————————————————————————–

Não Mais Estranhos – [ parte 2 ]

Para ver (em inglês) o ensinamento em vídeo desta semana: https://youtube/Kdprznkbnt8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *