A História de Asher Intrater

Publicado em: 13/09/2015 Categorias: 2015 / Revive Israel

Neste vídeo, Asher conta a história sobre a sua infância, salvação, a Aliá [emigração para Israel] e o nascimento do ministério Revive Israel. Para assistir em inglês:https://youtu.be/buAWO4aGTzQ

“Importante:” para assistir ao vídeo com legendas em diferentes idiomas, clique no símbolo de closed caption (legenda oculta) (CC) no canto inferior direito do seu vídeo player (isso habilitará as legendas em inglês). Depois, clique no símbolo de configurações e selecione (Subtitles/CC    English>), em seguida, selecione translate (traduzir) e faça a opção do idioma da sua preferência. 

Teologia Correta

Daniel C. Juster

Aqui estão alguns aspectos do que considero uma teologia correta que deve prevalecer no movimento judaico messiânico.

  1. Fim dos Tempos – Devemos nos alinhar com a igreja dos últimos dias, o que levará Israel a ser salvo, ao retorno do Messias Yeshua e ao Reino Milenar. O ensinamento de que seremos arrebatados sete anos antes do grande avivamento em Israel anula diretamente uma estratégia fundamental para o movimento messiânico dos últimos dias. Temos que estar aqui até a volta do Senhor para cumprir o mandato de Romanos 11.
  1. Poder do Espírito Santo – O poder do Espírito Santo e todos os seus dons serão cruciais para cumprir a missão dos últimos dias dos judeus messiânicos e seus parceiros no Corpo mais amplo do Messias, do qual fazemos parte. Qualquer ensino que enfraqueça essa ênfase e não motive as pessoas através do amor a buscar o poder e todos os dons do Espírito é, nesses dias, contraproducente. (1 Co 14, At 1.8)
  1. Liderança Apostólica/Profética – É também essencial ensinar que uma liderança apostólica e profética deve ser levantada em Israel para trazer unidade e preparação ao Corpo para capacitá-lo a chegar à maturidade para a qual ele foi chamado (Ef 4.11-16)
  1. Raízes Judaicas – Na ordem da Nova Aliança, a Torá estipula padrões éticos e morais universais que fazem parte daquela exigência de justiça que deve ser cumprida por aqueles que andam no Espírito (Romanos 8.4). Juntamente com a Aliança Abraâmica (Terra, Povo, Língua, Nação), os mandamentos Mosaicos fornecem os pontos marcantes da identidade judaica; sem eles, os judeus messiânicos e os judeus em geral não teriam nenhum padrão de vida próprio e peculiar que os caracterizasse como povo (Atos 21.20-24).

A teologia certa é crucial, tem grande importância prática e deve ser estabelecida para que possamos cumprir o nosso chamamento dos últimos dias. Ore conosco para que essas questões fundamentais sejam ensinadas corretamente.

Passeio de 10 Caminhões pelo Canadá

Paul Wilbur

Há alguns meses, recebi uma ligação do meu amigo Dean Bye, o ex-diretor canadense da organização “Christians for Israel” (Cristãos que apoiam Israel). Por mais de um ano, um empresário de sucesso tem sido tocado por Deus para comprar dez caminhões brancos e doá-los para Israel a fim de ajudar os pobres.

Uma das partes mais impressionantes dessa história só veio à tona algumas semanas atrás. Parece que havia uma vila secreta dentro do complexo do campo de extermínio de Auschwitz onde os judeus eram amontoados depois de desembarcarem dos vagões de gado. Lá, eles tinham que tirar todas as suas roupas e se submeter a uma seleção final. Os nazistas descobriram que as pessoas estavam costurando o restante dos seus bens nas suas roupas, sapatos e maletas, na esperança de comprarem a sua liberdade ou escapar.

E qual era o nome desse lugar de angústia final? Casa Kanada! (Canadá é um derivado do nome indígena, das tribos norte-americanas Huron e Iroquois, para “pequena vila”.) Agora, os dez caminhões ganharam um sentido e propósito totalmente novos. Será que é possível que a riqueza das nações tenha sido guardada para os justos para um momento como este?

E se, ao invés de roubar dos judeus, aqueles caminhões pudessem ser carregados para RESTAURAR as fortunas de Jacó, para abençoar ao invés de amaldiçoar, dar ao invés de tirar? E se o Canadá for apenas o primeiro de muitas nações a abraçar essa visão de RESTAURAR? Meu coração acelera só de escrever essas poucas palavras. “Edifique, restaure… console meu povo!”

Para assistir ao vídeo promocional em inglês: https://youtu.be/ROPZ3g6lcGw

Oração durante o Elul 40

Estamos num momento de arrependimento e intercessão no mês de Elul, a Festa das Trombetas e o Dia da Expiação. Neste ano de Shemita [sétimo ano, ano sabático), há um senso especialmente agudo de transição e guerra espiritual durante esse período de 40 dias.

  1. Economia – A dívida dos EUA, a quase falência da Grécia e mudanças dramáticas na bolsa de valores chinesa apontam para uma crise econômica mundial.
  2. Síria – Israel atacou na semana passada uma base da Jihad islâmica bem no interior da Síria depois que o grupo terrorista lançou 6 mísseis em direção a Israel. Enquanto isso, o ISIS continua a assassinar, estuprar e destruir.
  3. Irã – O Irã comprou armas da Rússia e renovou suas ligações com o Hezbollah. O aumento do seu apoio ao terror com a liberação de bilhões de dólares devido à retirada das sanções pode ameaçar a vida de milhares de pessoas.
  4. Egito – Uma cooperação incomum está crescendo entre Israel, o Egito, a Arábia Saudita e os curdos para lutar contra o radicalismo islâmico. Já que os curdos moram na área da antiga Assíria, isso pode ser visto como um cumprimento parcial da “estrada” de Isaías 19 [do Egito até a Assíria, com cooperação entre Egito, Israel e Assíria].
  5. Divisão Judaica – Há uma crescente divisão dentro da comunidade judaica nos EUA por causa do acordo com o Irã, entre aqueles que parecem estar mais do lado de Israel e aqueles que estão se distanciando de Israel.
  6. Líderes Messiânicos – Tem havido uma onda repentina de problemas de saúde entre os líderes em Israel. Apesar dos ataques, o remanescente aqui continua a crescer como uma comunidade apostólico-profética emergente.
  7. Alinhamento do Reino – Cristãos ao redor do mundo estão se alinhando espiritualmente com Israel e com o remanescente messiânico aqui. Esse alinhamento dá uma importância significativa a muitos desses eventos atuais citados acima.

Por favor, ore conosco para que a vontade de Deus seja feita em todas essas áreas estratégicas. Encerraremos esse período com o jejum e a assembleia solene das nossas 5 congregações no Yom Kippur.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *