A Batalha da Segunda Vinda

Publicado em: 30/04/2021 Categorias: 2021 / Revive Israel

Asher Intrater

O evento central do fim dos tempos é a Segunda Vinda de Yeshua (Jesus). Esse evento é real e literal. As duas passagens mais claras nas Escrituras que descrevem a Segunda Vinda são Apocalipse 19 e Zacarias 14. Apocalipse 19 mostra a perspectiva celestial, enquanto que Zacarias 14 expõe a perspectiva terrena.

Apocalipse 19.11-15 descreve os céus abertos e Yeshua liderando os exércitos celestiais para descer em uma batalha. O versículo 19 afirma que Yeshua vem para destruir as forças coligadas dos exércitos das nações que estão reunidas para uma batalha na Terra. No entanto, esse versículo não indica onde na Terra eles estão reunidos. Essa localização não foi revelada no livro de Apocalipse porque ela já foi dada no livro de Zacarias.

Zacarias 14.2 – “Eu ajuntarei todas as nações para a peleja contra Jerusalém.” Quando essas nações atacarem, Yeshua virá para lutar contra elas e derrotá-las, e depois tomar uma posição no Monte das Oliveiras. Zacarias 14.3-4 – “Então, sairá o Senhor e pelejará contra essas nações, como pelejou no dia da batalha. Naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras.”

Para que Yeshua possa retornar, Jerusalém precisa ser reocupada, como Yeshua profetizou em Lucas 21.24. Haverá também uma restauração da fé em Israel (Romanos 11.26; Zacarias 12.10) e o povo de Jerusalém clamará para que Yeshua volte (Mateus 23.39). Para que ocorra um ataque internacional a Israel, precisa haver uma organização mundial (como a ONU) unindo as nações e uma religião mundial (como o extremismo islâmico) incitando as nações a “varrer Israel do mapa”.

Embora os exércitos das nações acreditem que têm justificativa para atacar Jerusalém, o ataque será visto pelo céu como um ataque contra o próprio Yeshua (Apocalipse 19.19 – “E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, congregados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército.”). Os elementos políticos, econômicos e militares que irão compor essa batalha final já estão presentes no mundo hoje. Os primeiros estágios da batalha já começaram.

Yeshua lutará contra aqueles que atacam Jerusalém, qualquer que seja sua origem religiosa ou étnica. Cada pessoa, entidade nacional e grupo religioso terá que decidir de que lado vai ficar. A neutralidade não será uma opção. O povo de Jerusalém se tornará a “pedra pesada” (Zacarias 12.3) e o “prumo” (Amós 7.7) nas mãos do Senhor para julgar as nações.

A Segunda Vinda de Yeshua e a batalha por Jerusalém estão ligadas em sua própria essência uma à outra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *